fevereiro 09, 2014

Esse tal de "Amor"


Ahá! Mentira! É mentira quando falaram pra vocês que eu abandonei o blog! Como eu disse em um post anterior, estou com problemas pessoais, então fica difícil manter uma regularidade de posts no blog, tanto que eu tive que fazer hiatus do projeto na cozinha, mas assim que eu conseguir volto firme e forte ao desafio, hoje mesmo, domingo, seria o dia dessa tag, mas como eu estava com saudade de vocês vim para conversar, e colocar em pauta um tema que me inspira e me dá raiva ao mesmo tempo, o Amor.
Não sou uma pessoa muito romântica, eu não sei que reação ter quando alguém me dá rosas, não sei como lidar com cartas de amor e não gosto de estórias sobre mocinhos que tentam de todas as formas ficar com o seu 'verdadeiro amor'. Sim. Acho linda essas es/histórias, mas eu sempre coloco frases entre as falas do personagens, ele diz "eu te amo!" para ela e eu grito: "Mentira! Não acredita nele! Vocês se casam, ele fica todo domingo assistindo o jogo deitado no sofá criando uma barriga de cerveja e você se matando pra criar os filhos e manter a casa limpa!", então a mocinha responde "eu também te amo!" e eu me meto de novo: "Boba!", enfim eles se beijam como se aquele fosse o último e eu tenho que ficar quieta, a mocinha fez a escolha dela, mesmo eu sabendo que se fosse meu verdadeiro amor, eu faria a mesma escolha que ela.

Não é que eu não acredite no amor, mas ás vezes ele parece que só vem pra atrapalhar. Estava assistindo uma série e a vilã dizia: "O amor é a magia mais forte do mundo!", o problema é que a magia é tanto usada para o lado do bem quanto para o lado do mau. Pode me chamar de mau amada, eu aceito, mas já percebeu o quanto os mocinhos precisam sofrer pra ficarem juntos? Claro que é em um filme, novela, série, em um livro, porque é necessário criar uma estória para que haja entretenimento, talvez não seja certo comparar filme e realidade, mas na vida ás vezes também acontece dessa forma, pode ser que haja sofrimento por que a pessoa que você ama está longe, ou por que ela nem tem noção de que você existe, lembra-se do filme "ABC do Amor?", Jesus! Sofro junto com aquele menino toda vez que assisto esse filme! E não importa quanto tempo passe, aquele primeiro amor ainda vai fazer sentido. E aquele momento triste em que você estalkeia o(a) amado(a) e vê o que não queria, é bem assim, você sabe que não devia, mas fica fuçando!
Há filmes em que nem é a luta diária sob o amor do personagem que me irrita, personagens em filmes que não são românticos e não tem absolutamente nada haver com isso viram vítimas dele no número dois da série, vamos nos lembrar de alguns, "Meu Irmão Urso 2", a estória linda sobre dois ursos que acabam virando irmãos é estragada no segundo filme quando o mais velho encontra uma amiga da qual gosta muito e o irmão mais novo fica com ciúmes. Outro exemplo? Mais recente, "Homem de Ferro 3", durante o filme eu ficava me perguntando onde estava O homem de ferro, quer dizer, o cara explodiu todas as suas armaduras em nome do amor, WWWWWHHAAAT?! Eu não teria feito isso, Tony Stark parecia um ratinho escondido atrás da 'Poderosa Pepper' aaaah... me poupe! Por que não faz um filme só pra ela então?!
Claro que estou mostrando o lado 'feio' do amor, quer dizer, mesmo dizendo tudo isso, como diz meu amigo André eu concordo discordando com esse texto, o amor é bem confuso, a gente começa a tentar entender e explicar, mas é capaz de ficarmos loucos antes de conseguir achar uma boa conclusão pra esse sentimento.

22 comentários:

  1. Bom, ao contrário de você, eu sou bem romântica, adoro mimos, carinhos, e ficar ao lado da pessoa. É certo que comecei a namorar pela primeira vez a 10 meses atrás, e por incrível que pareça estamos indo bem. Não tive pressa de achar alguém, alias Deus fez isso por mim. ♥

    http://dallyse.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Woon *---* Que fofa!
      Sem dúvida Deus sempre coloca as pessoas certas em nossa vida!

      Excluir
  2. Eu sou muito romântica, e é bem difícil mesmo quando alguém manda uma carta e a gente não sabe como agir, por medo de magoar aquela pessoa, pelo menos comigo é assim, enfim...
    Sobre o meu post lá no blog, me desculpa, eu esqueci de colocar a cor do esmalte, kkkk. Mais já editei e a cor do esmalte é o "SAIA JUSTA" da impala, compra e não irá se arrepender, a cor é linda, obrigada pela visita!

    http://tudodiferentecomsamaralima.blogspot.com.br/
    Instagram - @samaralima_03

    Beijos;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada vc pela visita linda, e por não esquecer de responder sobre o nome do esmalte, vou procurar pra comprar :)
      bjos

      Excluir
  3. Haha, sério! eu sou assim! por mais que o amor tenha suas controversas , por mais que o homem de ferro tenha virado brinquedo nas nãos da Pepper, eu sempre me renfo! Adoreeeei ♥

    http://bylaislima.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Hahahaaha! Boba! Gostei, as vezes também falo isso, depende do dia, na maioria das vezes eu choro hahaha. Sou muito sonhadora, mas também não sei como reagir a situações assim :/
    Nunca vi esse filme ABC do amor, quero ver agora rs.
    Devo dizer que concordo com você em alguns pontos e descordo em outros. Eu acho que sofrem sim, bastante até rs, mas acho que vale a pena lutar pelo seu amor! Ai vem essa questão do domingo e da barriga de cerveja! Hahaha.
    Adorei, viu!?

    Beijos, Ru.

    http://ruanablog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. kkkkkk adorei esse texto e a historia tb kkkkk seu senso de sinceridade me encanta! :)
    Blog: http://wwwblogpapoteen.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. O amor é inexplicável, indiscutível... é complicado! haha Tem post novo lá no Blog, já viu? Passa lá e comenta o que achou! Beijos <3 http://gostosdeadolescentes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Quem ama sofre.

    http://www.1marcos1.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. eu nem sei o que dizer depois desse texto hahahaha sei la, eu já sofri muito por conta do amor, muito mesmo, já perdi as contas! Mas eu sou muito bobinha, eu acho que uma hora na minha vida, sei la como, quando e se realmente vai acontecer. Mas uma hora eu vou encontrar o tal do "amor verdadeiro".
    Amei o seu blog, e já estou seguindo aqui *-*

    Beijos, Lolla

    vivalavidalolla.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Eu fico no meio, nem tão fria e nem tão meiga, depende muito do momento. Mas na maioria das vezes, o que sobressai é o lado frio e aí acabo agindo mais racionamente do que com o coração kk

    Beijoos, Ana Carolina
    http://simplesglamour.blogspot,com
    Instagram e Twitter: @simplesglamour

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu sou exatamente assim tbm Ana. Sempre acabo agindo mais pelo lado racional do que pelo emocional kk

      Excluir
  10. Não consigo focalizar em um livro ou em um filme que somente gire em torno de um romance. Gosto de livros que vão muito mais além do romance e confesso que fico bastante entediado. Por exemplo, TODO MUNDO no MUNDO ama "A Culpa é das estrelas", mas esse foi um dos livros em que eu fiquei mais entediado. Acredito no amor, mas acho que ele está cada vez mais raro. Adorei o post e o blog. Seguindo.
    cronicasdeumlunatico.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. O amor tem dessas coisas! Mas a tirinha é fofa demais! hihi!

    Beijos, Kênia

    ResponderExcluir
  12. Eu sou romântica, mas sou uma romântica estranha. Acho que não sei demonstrar direito hahaha mas por dentro, pode acreditar que sou dessas que gosta de música, livros e filmes todos românticos...
    Adorei seu blog! Estou seguindo =)
    Beijinhos, Isa.

    Heart of Sunday
    Facebook

    ResponderExcluir
  13. Eu também não sou uma pessoa romântica ou amorosa. Bom... Eu nunca namorei e acho que por isso não estou acostumada a ver essas atitudes comigo ou ter essas atitudes. Eu gosto MUITO de livros e filmes românticos, e quando o cara que ela quer ficar realmente é um galinhão, eu fico "não fica com ele, nãaao, o outro lá te quer e te trata muito melhor", mas só nesse caso mesmo. O amor é meio que uma armadilha, depende da forma que você cai. É confuso mesmo, e se parar pra pensar ou pra explicar, nossos neurônios se enrolam mais ainda. Haha, eu ri da tirinha!

    Bitocas!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  14. Concordo com você viu, hehe! O amor ás vezes nos confunde viu! Beijos!

    http://asagadagarotaimperfeita.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Sua opinião sobre o amor é engraçada e verdadeira , como você disse o amor é difícil de explicar ou vamos dizer que nem a música do Renato Russo "Quem inventou o amor , me explica por favor ?!" hahah Adorei o post, até porque sua opinião foi bem sincera ..
    www.omundinhoquaseperfeito.com
    Beijos da Ketty ♥

    ResponderExcluir
  16. Poxa, estou amando esse texto! E concordo super haha ♥
    Beijos, beijos!

    http://dearitgirl.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Eu sou romântica por dentro, por fora me faço de durona hahah Adorei o texto E A TIRINHA DOS VELHINHOS hahahahaha Mas concordo, a visão romantica de alguns filmes é meio nada a ver. (Aliás, pode ser praga das continuações hahaha)
    boa semana :)
    ;**

    Red Behavior

    ResponderExcluir
  18. Oi querida, vi sua divulgação e estou aqui hoje no seu cantinho pra conhecer e gostaria de te convidar pra conhecer e seguir o meu blog também o http://coisasecoisasdalu.blogspot.com.br/ retribuo a todos os seguidores no mesmo dia, estarei te aguardando...beijos da Lu!!!!

    ResponderExcluir
  19. O amor é mesmo confuso. Até agora não sei se entendo esse sentimento. Não concordo com metade das coisas que vemos por ai sobre esse dito cujo, mas eu amo e gosto de me sentir amada, mesmo não sendo sofrido como nos livros.
    Beijos

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir

* Comentários que eu perceber que são C+C serão ignorados;
* Só respondo comentários em que falam sobre o post;
* Deixe o link do seu blog para que eu possa retribuir a visita;
* Clique na aba "notifique-me" para ser avisado quando eu responder o seu comentário aqui no blog.

© Apenas Leite e Pimenta - 2013 - 2017. Todos os direitos reservados.
Criado por: Leslie Leite.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo