1.2.18

"Eu Te Amo"


A algum tempo atrás eu ouvi alguém dizer que o "eu te amo" está sendo banalizado, que quando dito várias vezes, ele se torna frívolo. Comecei a pensar se tal argumentação fazia sentido. 

Concordo. Quando se fala apenas da boca pra fora, um te amo (mesmo dito apenas uma vez) pode se tornar fútil e sem valor. Porém, quando se ama alguém de verdade, existe uma motivação pura em dizer isso a ela e agir conforme o que se diz. E esse impulso é como um extinto, ele simplesmente sai, e ser fácil dizer que ama, não necessariamente significa que a frase é mentirosa.

Além disso, quantas pessoas já se arrependeram por não ter dito um eu te amo antes? Quando perceberam já era tarde demais ou acabaram sentindo que não haviam dito o suficiente.

Então sim, a aqueles que você ama verdadeiramente, não deixe passar a oportunidade de dizer que os ama. 

Mesmo se dito repetidamente. Quando real, dizer "te amo" não se torna banal. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Feito com ♥ por Lariz Santana