03 agosto 2020

Resenha: Livro 99 Dias de Katie Cotugno

99 Dias - 1 Complicado Amor de Verão


Eu tenho lido tanto que até pensei ser uma boa ideia começar um blog literário, mas como o Apenas Leite e Pimenta é um apanhado de tudo o que sou e gosto, acho que não há problema em comentar sobre livros por aqui também. Afinal, eu amo moda e beleza, mas ler também é algo que me faz feliz.

Reflexões pessoais a parte, hoje a resenha é de um livro diferente pra mim, pois 99 Dias 1 Complicado Amor de Verão é um romance. Quem acompanha o blog com frequência já deve ter percebido que minhas leituras geralmente são mais densas e envolvem principalmente os gênero e subgêneros de suspense, mas, entre uma leitura mais pesada e outra, eu sempre acabo lendo livros mais leves, como chick lits, e dessa vez eu sai totalmente da minha zona de conforto e resolvi me arriscar nesse romance adolescente.

Molly Barlow acaba de voltar para casa depois de terminar o ensino médio em um colégio interno, porém, ela não é bem recebida e a cidade inteira ainda lembra o motivo pelo qual ela foi embora, Molly supostamente traiu seu namorado com o irmão dele, e o pior é que a sua própria mãe escreveu um livro baseado nessa tremenda confusão. Agora Molly está de volta e terá que lidar com as consequências de suas ações por pelo menos 99 dias, até a sua ida para a faculdade. Até lá Molly pretende passar despercebida e assistir documentários durante todo o verão, mas antigos e novos amores surgem para abalar a sua vida.

Gênero: Romance adolescente | Páginas: 292 | Nota: ★★★★☆ | Onde Comprar? Amazon

99 Dias 1 Complicado Amor de Verão é dividido pelos 99 dias que Molly passa o verão em casa, na antiga cidade onde morava, ou seja, cada capítulo é um dia, e alguns são bem curtinhos, o que torna a leitura bem rápida e fluída. Não morri de amores pela protagonista, na verdade, tem horas que ela é uma fofa, e em outros momentos não há condição nenhuma de defende-la, e é isso é o que torna Molly interessante, ela é verossímil, uma personagem muito humana e real, não é fácil entender algumas de suas ações, mas é legal vê-la amadurecendo durante a leitura.

Ele é estupidamente fofo, esse Gabe. Todas as garotas diziam isso, mas eu nunca havia notado, até o momento em que percebi. - Dia 10 | pág 42

Relacionamento Abusivo e Culpabilização da Mulher


O que realmente me fez comentar sobre esse livro aqui no blog, foi a necessidade de expor a maneira com que a autora conseguiu trabalhar as relações entre os personagens, e a sua sutileza em escrever uma história que envolve relacionamento abusivo e culpabilização da mulher. Achei incrível como tudo isso foi abordado sem deixar que a história ficasse dramática. Molly é rechaçada por quase todos os antigos moradores da sua cidade por que supostamente ela traiu o namorado, Patrick, com irmão dele, Gabe [spoiler] mas há uma parte do livro onde Molly deixa nitidamente claro que não estava namorando Patrick, quando ficou com Gabe, ou seja, não foi uma traição.[/spoiler] A casa da protagonista é alvo de ovos, ela é xingada, sofre ações físicas e ainda recebe bilhetes que a lembram do seu erro. Mas, os irmãos seguem lá... vivendo normalmente sua vidinha pacata, principalmente Gabe, como se a culpada pela traição fosse apenas de Molly.

Durante os 99 dias, Molly também tem breves lembranças do seu passado com Patrick, e a questão do relacionamento abusivo fica subentendido, mas para o leitor é nítido que seu ex-namorado era um belo de um embuste, alguém que aparentemente sentia tanto medo em perde-la que utilizava de artifícios sentimentais para mante-la por perto e fazer apenas o que ele desejava. Não vou comentar mais sobre o assunto para não dar spoilers, mas é muito bacana ler o livro e entender o quanto o relacionamento abusivo pode ser sutil e a vítima só percebe quando sai dele, é a famosa frase, "eu não perdi, me livrei".

Patrick era eu mesma, minha metade. Nunca me senti presa, isolada, nunca quis fazer outra coisa, nunca quis estar em outro lugar. Não até o momento em que eu quis. - Dia 34 | pág 125

Molly vivia em função dos irmãos Donelly, mas ela tem 99 dias para entender que pode ser uma mulher independente e que a opinião das pessoas não é tão importante, o mundo é mais do que uma pequena cidade. Além disso, Molly tem que lidar com a mãe, de quem ela guarda muito ressentimento. Eu particularmente não entendo como alguém pode escrever um livro sobre um assunto que é segredo, e da sua própria filha! Mas é isso, todos os personagens de 99 Dias são assim, humanos, falhos.

O final foi satisfatório e como eu esperava. Eu amei a escrita da Katie Cotugno e 99 Dias foi um romance que valeu a pena ser lido, não há arrependimento em ter saído da minha confortável zona de suspenses.


21 comentários:

  1. Não conhecia esse livro, a capa é linda o enredo chamou minha atenção. Tenho lido muito nessa quarentena, de tudo por sinal. Vou add na minha listinha nada pequena de leituras.
    Tô lendo Pai Rico, Pai Pobre, já leu?
    bjs www.diadebrilho.com

    ResponderExcluir
  2. Ultimamente tenho gostado muito de leituras mais densas, porém adoro um romance de vez em quando, e esse não é nada clichê, carrega uma narrativa forte sobre relacionamento abusivo, o que me interessou bastante, eu nunca li romances com essas temáticas, gostei desse!
    Beijoss, Blog Seja Agridoce ♥️♥️♥️

    ResponderExcluir
  3. Povo que entende disso sempre fala que é bom ninchar o blog/instagram, mas é quase impossível quando se tem gosto variado, entendo muito bem disso hahahah.

    Adorei a resenha, parece ser um livro bem bacana.

    Beijinhos,
    Renata

    ResponderExcluir
  4. Olá!!

    Você poderia criar uma coluna e especificar dias onde teria resenhas literarias, acho que isso facilitaria quem se identifica a ler, eu particularmente amo tudo, mas só tenho capacidade de falar de livros, rs.

    Eu já tinha visto a capa dessa obra, mas não sabia do que se tratava o enredo, gostei da sua resenha! Espero que continue trazendo suas opiniões literárias por aqui!

    Beijinhos,

    Ani,
    www.entrechocolatesemusicas.com.br

    ResponderExcluir
  5. Fiquei com essa frase que ela disse "Não até o momento que eu quis.". Senti o impacto até daqui. Relacionamento abusivo é complicado e eu vejo que cada vez mais está sendo abordado. Muito fácil falar da traição dela e esquecer que o Gabe também participou disso, mas a sociedade é machista, como sempre. Curiosíssima com essa história.
    Beijos,
    Mundo Perdido da Carol
    Instagram: @carolinsweet
    Fan Page

    ResponderExcluir
  6. Nao conhecia o livro mas adoreiii muito! É bem o gênero que gosto, fiquei curiosa pela história completa e vou colocar na minha listinha (Quase infinita) do Skoob.

    Boa semana!
    tipsnconfessions.blogspot.com
    instagram.com/raquel_tips

    ResponderExcluir
  7. eu adoro esse tipo de livro! hahaha
    já quero ler!

    xoxo
    Guria do Século Passado

    ResponderExcluir
  8. Ficamos bem curiosa para ler esse livro, chamou a atenção..

    Beijos
    VOU ARRASAR BLOG

    ResponderExcluir
  9. Eu adoro romancinho ahhaha adorei a resenha, acho que iria adorar pois aborda temas bem importantes.

    Beijos,
    www.tammycezaretti.com.br

    ResponderExcluir
  10. Por favor poste sim sobre livros por aqui, eu pelo menos me sinto empolgada com resenhas e amo indicações <3.
    Já me interessei pela leitura, já vou marcar lá no skoob, sem dúvidas!
    Beijos,

    Marcela Miranda

    ResponderExcluir
  11. Leslie, eu não sou fã do gênero não, mas pela sua resenha, vale a pena dar uma chance nesse livro. Fiquei curiosa com o final. xD

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  12. Oi Leslie,

    Não conhecia o livro, confesso que a premissa não me chamou atenção a ler no momento, mas não descarto uma leitura futura.

    Bjs
    https://diarioelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Olá leslie, o Apenas leite é um compilado da sua essência e gosto quando compartilha suas leituras, dicas de decoração e moda aqui. Esse cantinho é um aconchego cheio de posts de diferentes estilos e isso o faz ser único e especial.
    Gostei da resenha e leria esse livro, gostei de saber que em 99 dias ela consegue saber o potencial e quero ver o desfecho do livro, vou ler com certeza.
    Beijocas.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Parece ser uma leitura bem levinha!
    Também já pensei em criar um blog literário, mas acho que nossos blogs são nossas casas na internet, e cabe sempre um pouco de tudo. haha

    https://naoseavexe.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Gostei de conhecer o livro, interessante a história
    Charme-se

    ResponderExcluir
  16. Eu nunca tinha ouvido falar nesse livro, mas achei bem interessante.
    E pelo que você disse de certa forma trata de assuntos bem sérios em meio a trama.
    Achei bem bacana, deu curiosidade de ler :)

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Tô lendo o resgate do tigre da saga a maldição do tigre.
    Aprendi a baixar e passar os livros para o app kindle.
    Acredita que tava lendo esse seu? Na verdade tentei ler ele ta grátis no app, mas não consegui continuar. Gostei de saber um pouco mais sobre ele ainda mais que porque não continuei a leitura.
    Beijos!

    https://www.pamlepletier.com/

    ResponderExcluir
  18. Olá, Leslie.
    Eu não conhecia esse livro ainda e acho que nem o lerei. Só plea sua resenha já senti que vou passar raiva. É incrível como só a mulher que é culpada das coisas e os homens ficam de boa. E mais ainda quando não é culpa dela.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  19. Curto muito seus posts, são muito bem criativos e interessantes.. Sempre estou aqui lendo e compartilhando com minhas amigas...

    Beijos 😘.

    Meu Blog: Site da Raysa

    ResponderExcluir
  20. Oi!
    Peguei o e-book desse livro gratuito na Amazon e só não li ainda porque a média dele é meio ruinzinha no Goodreads, mas gostei do que li na sua resenha e nem imaginava que ele abordava um tema importante, fora que é sempre bom ler protagonistas mais "completas".

    Beijão
    https://deiumjeito.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  21. Oi Leslie,
    Que bom que você teve uma boa experiência, principalmente saindo da sua zona de conforto! Esse tipo de coisa é algo que me motiva muito. Também uso a tática de ler um livro mais leve pra quebrar um pouco algo mais denso, e isso vale pra filmes também haha
    Já tinha ouvido falar sobre esse livro, mas não teria interesse sem ver sua resenha, pra ser sincera. Gosto dessa temática e acho que vou dar uma chance pra ele em breve.

    Beijos, Fantasma Literário

    ResponderExcluir

➤ Comentários rasos e sem sentido não serão respondidos e retribuídos.
➤ Se você NÃO leu o post ou o assunto NÃO te interessa, NÃO COMENTA!
➤ A você que leu o post e vai fazer um comentário pertinente ao assunto, meu muito obrigada.
O mais breve possível passarei em seu blog para retribuir o carinho.

© APENAS LEITE E PIMENTA 2013 | 2020. Todos os direitos reservados.
Layout e codificação: GLEICY HANER - DESIGNS E FOTOGRAFIA .
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo