27.12.18

Resenha - Filme: Bird Box [Caixa de Pássaros]


A dois anos atrás eu li o livro Caixa de Pássaros e fiquei num misto de decepção e euforia com o final, mas, no fundo eu ainda tinha certa simpatia pela protagonista e o enredo do livro, por isso, assim que eu fiquei sabendo sobre a adaptação do livro de Josh Malerman pela Netflix, fui assistir à Bird Box.

Malorie está grávida e apática a isso. Seu objetivo é viver de forma reclusa à sociedade, porém, não dá para ignorar quando uma ameaça invisível começa a promover o caos. A mídia comenta sobre um suicídio em massa, pessoas se matam de inúmeras formas diferentes depois de possivelmente ter visto algo. Ninguém sabe o que viram. Uma criatura talvez? Aqueles que conseguem sobreviver passam a viver enclausurados em suas próprias casas, evitam sair e enxergar, as janelas ficam sempre fechadas e cobertas, o que quer que seja que as pessoas vêem está a espreita lá fora. Por isso, o certo é não abrir os olhos. Trailer aqui.

Uma sinopse e tanto, a base de um ótimo roteiro para filmes sobre alienígenas ou epidemia viral, mas, assim como outros livros de Josh Malerman, acredito que Caixa de Pássaros tenha um conceito muito mais metafórico do que uma história apenas para entretenimento banal. Bird Box é um banquete para os telespectadores que percebem simbolismos, é um lindo filme para aqueles que vêem mais do que apenas os olhos enxergam (desculpem o trocadilho). Mas, para quem procura tiro, porrada, bomba, guerra dos mundos, monstros e cenas dinâmicas, fica decepcionado com o que a Netflix apresenta. Eu, como já havia lido o livro, tinha em mente o que esperar: um final em aberto e sem muitas explicações. Assim como no livro, o filme não desvenda tudo sobre a epidemia de suicídios, algumas coisas ficam por conta da sua imaginação, e deixar que nós imaginemos a ameaça não é tão ruim, pois dessa forma o telespectador entra como coadjuvante dos acontecimentos do filme, você não sabe mais do que os personagens sobreviventes. Porém, Bird Box tem vários furos, não explicar algumas coisas para nos inserir na história é uma boa sacada, mas, nos deixar à deriva e cheios de teorias sem nenhuma base para a criação delas, é frustrante.

Veja Também: [Resenha] Livro: Caixa de Pássaros


Como é de se esperar em uma adaptação cinematográfica, há coisas no livro que não tem no filme e vice-versa, porém, de forma geral, é possível dizer que o filme é fiel ao livro, pois ele segue a mesma base de enredo e nos deixa com algumas das mesmas perguntas no final. Mas, não posso dizer que o filme me deixou mais aflita que o livro, pra mim, ler Caixa de Pássaros foi muito mais prazeroso.

Sandra Bullock faz um trabalho excepcional dando vida à protagonista Malorie, é possível sofrer junto com a personagem apenas por suas expressões. Não sei se poderiam ter encontrado atriz melhor para o papel. Já os personagens coadjuvantes, além de Tom, Olympia e Douglas, todos os outros passam despercebidos, não há nenhum tipo de aprofundamento na história deles. Aliás, Douglas nos causa sentimentos conflitantes, ele é aquele cara remanescente dos filmes de terror, onde nos perguntamos qual o seu objetivo e por que ele ainda não abriu os olhos na hora errada e cometeu suicídio, mas depois, a gente entende que ele nem era tão ruim assim e fica com raiva de si mesmo por estar gostando dele.


Bird Box não é um filme ruim, porém, ele precisa ser visto com paciência, não assista apenas por assistir, faça as suas associações ao mundo real e tente entender as metáforas, dessa forma, o filme passará a fazer muito mais sentido. Perceba como Malorie é um pássaro preso em uma caixa e ela se liberta aos poucos, passa a demonstrar coragem e determinação durante o filme, note também como nós, seres humanos, somos adaptáveis, podemos não enxergar com os olhos, mas ouvimos e sentimos com o coração, é interessante como as vezes nós podemos nos sentir cegos diante do que está aos nossos olhos. E caso você queira realmente ter contato com o sentimento aflitivo e cheio de agonia de Bird Box, sugiro que leia o livro de Josh Malerman, nele haverá muito mais respostas do que o filme da Netflix proporciona.

Me conta aí nos comentários se você já assistiu ao filme e/ou leu ao livro. O que achou?
Ps. Sinto que essa resenha ficou tão confusa e sem sentido quanto o próprio filme, haha.

18 comentários:

  1. Eu não acho que sua resenha tenha ficado confusa. Gostei dela e entendi o que quis dizer.
    Não cheguei a ver o filme, na verdade comecei a ver, mas logo no começo já não estava entendendo nadinha. Mas outro dia vi no Instagram uma teoria a respeito da história retratada no filme e que para mim faz todo o sentido.
    Não lembro perfeitamente o que estava escrito, mas fala de algo relacionado a depressão e que os pássaros são meio que a salvação para os depressivos. Algo assim.

    Depois de ler essa teoria, fiquei até com vontade de dar mais uma chance pro filme kkk

    Beijos
    www.boasdepapo.com.br

    ResponderExcluir
  2. adorei o post! com certeza é um filme mais profundo do que parece, se vc ver só como entretenimento sem prestar atenção as metaforas com certeza nao é tão bom quanto ver tudo que pode significar, fiquei super curiosa pra ler o livro que deve ser melhor ainda

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pela sua resenha, foi a melhor que li até agora! Tava até agora on rage com supostas representações nada a ver.
    Eu achei o filme mediano e bem previsível - não li o livro mas já peguei pra ler - e como você falou, não é ruim.

    ResponderExcluir
  4. Eu gostei desse filme, fiquei meio confusa e entendi toda essa simbologia, adoro isso!
    Acho que quem não curtiu é porque só assistiu aquilo e pronto, não refletiu ou pensou além.
    A Sandra Bullock tá incrível nesse filme!!
    De forma geral eu gostei, mas acho que seria mais legal se tivesse sido lançado no cinema do que na netflix.

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
  5. ainda não assisti! vou ver quando sobrar um tempinho! tá todo mundo falando desse filme!

    xoxo
    Guria do Século Passado

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito da resenha!
    Vou ver com atenção, obrigada pelas dicas
    Essa primeira imagem está sendo usada como meme kk
    beijos
    www.yasminsodre.com

    ResponderExcluir
  7. Eu achei que era um filme de terror qualquer mas pela tua resenha é algo muito mais intenso. Gosto muito de metáforas e coisas que temos que associar com a vida real, adorei demais e agora estou ansiosa pra assistir!

    Apenas eu, Day

    ResponderExcluir
  8. Oi Leslie
    eu n li o livro pq vi críticas n tão boas, mas tô mt curiosa quanto ao filme!
    espero estar num dia bom qd assistir kkkkkkkkk p poder entender

    Bjooooooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Por acaso nunca vi nem nunca li
    Segui o blog
    Beijinhos, https://damselme.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi Leslie meu esposo assistiu esse filme eu confesso que no dia não tive paciência para acompanha-lo quem sabe eu consiga dá uma chance a ele!
    Beijos amei sua resenha!
    www.silalmeida.com

    ResponderExcluir
  11. Pêssego é tudo de bom! hohoho! ;D

    Ai, eu assisti. Não achei incrível, mas não achei ruim! Achei morno. Acredito que seja porque eu não tinha enxergado pelo lado metafórico. Mas ainda assim esperava por uma explicação do que eram as tais "coisas"! hahaha!

    Ótima sexta!

    Beijo! ^^

    ResponderExcluir
  12. Concordo com tudo o que você falou. O filme não é ruim, não é aquela coisa incrível e também acho que faltou uma teoria um pouco mais explicada para embasarmos melhor a nossa teoria sabe? Eu gostei, mas quero muito ler o livro para saber falar mais sobre o filme. Mesmo não lendo, eu gostei do enredo e apesar do final (que gostei e não gostei), eu acredito que poderia ter explorado outras formas, mas como eu disse, quero ler o livro para ver se enxergarei por outro ângulo. Boa resenha!
    Beijos,
    http://blogluanices.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Eu só assisti o filme na Netflix e confesso que não achei um filme ruim, mas senti falta dessa falta de "sugestão" para teorias. É possível de entender algumas coisas da história dos personagens, mas o final deixa a desejar e como você disse, no final do livro isso também acontece.
    Acredito que eles quiseram focar mais no comportamento humano do que nas criaturas, mas isso também deixou a desejar.
    Enfim, não é um filme ruim, mas não é um óóótimo filme. Vou procurar ler o livro!

    Feliz ano novo e que 2019 seja repleto de posts maravilhosos por aqui! :D
    Rivière du Souvenir

    ResponderExcluir
  14. Gostei da resenha e fiquei com mais vontade ainda de assistir o filme. Amo a atuação da Sandra Bullock e isso deve ajudar muito no enredo do filme! Já entrou para a minha lista de filmes para 2019!

    Feliz ano novo e um beijo,
    www.espelhodoreino.tk

    ResponderExcluir
  15. Eu assisti, não cheguei a ler o livro, mas gostei do filme. Acho que a narrativa é muito boa e a história bem original.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Eu e meu namorado assistimos o filme e sinceramente? Gostamos muito!!! É um filme para o telespectador realmente ficar intrigado e criando várias teorias. Não acho chato q as pessoas na internet estejam discutindo sobre possíveis significados e símbolos... Eu acho importante até, devido a nova sociedade que não se mostra muito pensante hahaha E a escolha da atriz foi certeira, impossível não se colocar ali na frustração da personagem. Enfim, gostei muitissimo da sua resenha :D Parabéns

    Beijos,
    www.apequenaka.com

    ResponderExcluir
  18. Eu assisti e achei bacana. Não foi super maravilhoso pq tbm me senti um pouco frustrada sem grandes explicações sobre o que estava acontecendo de fato (apesar de ter entendido que o foco da historia era nos personagens, por isso não houve mta explicação, e ok). O final é um pouco cliche mas encaixa bem, gostei da Sandra para o papel e algumas partes foram realmente tensas. Achei besteira isso de ficarem detonando o filme, ou a pessoa não gosta do genero ou da escolha do elenco pq é um bom filme de suspense e a historia é bem fora do obvio. Curti o filme sim!

    Beijos,
    Camila

    www.sejabelissima.com.br

    ResponderExcluir



Feito com ♥ por Lariz Santana