março 17, 2017

Resenha Parte 1: Livro "Um Ano Inesquecível"


27DiasDeALP - Post #15

Escrito por Paula Pimenta, Babi Dewet, Bruna Vieira e Thalita Rebouças, eu ainda não havia tido a oportunidade de conhecer a escrita das quatro autoras que compõem o livro Um Ano Inesquecível, li várias resenhas sobre as obras delas, mas nesse livro eu consegui saber um pouquinho do jeito de escrever de cada uma de acordo com as estações do ano e me apaixonar pelos romances registrados nele ~olha a Leslie lendo romance gente, vai chover hoje~. Achei melhor dividir essa resenha em duas partes pra que não ficasse muito grande, já que são quatro histórias diferentes pra comentar. Nessa primeira parte fiquem a vontade pra saber sobre os dois primeiros romances do livro.

 Paula Pimenta // Inverno: Enquanto a Neve Cair; Mabel é uma mocinha de quase quinze anos que é obrigada a viajar com a sua família para o Chile na última semana das férias de verão, quando na verdade ela preferia estar com a galera no sítio da sua melhor amiga, nadando na piscina, cantando  em frente a uma fogueira e dividindo uma barraca com o crush. Só que meu bem, a neve que caiu no inverno chileno trouxe muita coisa nova pra Mabel.
 (...) Porque eu tinha certeza de que, com ele, qualquer estação do ano seria inesquecível...
Quando comecei a ler o primeiro conto, que se passa em Valle Nevado, um centro de esqui chileno, pensei: "vou detestar, detesto inverno, o que legal pode acontecer no inverno?", porém, quando estava quase no fim da leitura, fiquei encantada "Quero conhecer a neve!". Haha. No começo da história, parecia que eu estava assistindo a mais um episódio de Malhação na Rede Globo. Uma adolescente birrenta, apaixonada pelo crush e que acha os pais uns chatos. Realmente, a Paula Pimenta conseguiu colocar na Mabel todo tipo característico de uma adolescente de 14 anos. Me identifiquei com ela quando eu era mais nova, aliás, a Mabel nem de longe foi uma personagem digna de raiva, na verdade, eu ia amar ser amiga dela, menina nova, porém de personalidade forte. E apesar de termos aí um romance adolescente, o conto se desenrola de uma forma cativante, que me fez querer ler concentrada até o fim e imaginar todo o cenário de neve que foi palco de novos sentimentos pra Mabel, e não foram apenas sentimentos bons viu?! E confesso, não sou de me empolgar com casais por aí à fora. Mas em relação ao conto de inverno, shippei mesmo o casalzinho da história.


 Babi Dewet // Outono: O Som dos Sentimentos; Anna Julia tem 17 anos e está terminando o ensino médio, pretende cursar Direito, e seu pai, que a pressiona bastante, providenciou um estágio num escritório de advocacia. João Paulo estuda música, e entre uma aula e outra ele toca e canta debaixo do MASP (Museu de Arte de São Paulo), lugar por onde Anna passa todos os dias a caminho do estágio. João é tranquilo. Anna está sempre atrasada e preocupada com algo. João ama música. Anna odeia. 
No fim, não era apenas o outono que tinha sido inesquecível.
Ao contrário do conto da Paula Pimenta, Babi Dewet conseguiu ser rápida na escrita dos acontecimentos, mas sem privar o leitor daquele gostinho de quero mais. João Paulo e Anna Julia desenvolvem uma paixão platônica quase ao mesmo tempo, e apesar de ser um "amor à primeira vista" não é nada avassalador, o primeiro beijo, por exemplo, acontece no momento certo e de forma inesperada até para o leitor. A história toda é embalada por música, principalmente as do Ed Sheeran e as vezes é necessário dar uma pausa na leitura e ir procurar a música da qual é mencionada no texto, o que te transporta rapidamente para dentro do conto, como se você fosse o espectador da narrativa. O conto se torna ainda mais vívido por Babi Dewet ter colocado tantos elementos característicos da cidade de São Paulo no romance. A ideia de construir aos poucos um relacionamento tão bonito numa cidade tão corrida, cheia de carros e de pessoas é muito bacana. Infelizmente o único ponto negativo que achei no conto foi o final, talvez eu esperasse mais dele, porém, creio que a Babi quis deixar uma brecha pra nossa imaginação, um romance sem fim.

De forma geral, os dois primeiros romances do livro nos fazem lembrar de sentimentos que temos quando nos surge uma paixão. Paula Pimenta e Babi Dewet conseguem nos transportar borboletas no estômago, haha. Mas é claro, tenhamos os pés no chão, paixão, amor e relacionamento, no meu ponto de vista são coisas que devem ser levadas a sério. Logo libero a segunda parte dessa resenha, espero que tenham gostado. Beijos de Leite e até amanhã.

Atualização: Parte dois da resenha aqui.

Me acompanhe nas redes:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

* Comentários que eu perceber que são C+C serão ignorados;
* Só respondo comentários em que falam sobre o post;
* Deixe o link do seu blog para que eu possa retribuir a visita;
* Clique na aba "notifique-me" para ser avisado quando eu responder o seu comentário aqui no blog.

© Apenas Leite e Pimenta - 2013 - 2017. Todos os direitos reservados.
Criado por: Leslie Leite.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo