12 fevereiro 2020

Morro Pão de Ló: A Primeira Vez que Fiz Trilha

Caminho do Itupava

Em um belo dia de trabalho voluntário (sou voluntária em um programa mundial de estudo bíblico), uma amiga muito bem intencionada me convida para participar de uma trilha com ela e alguns dos nossos amigos. "Vai ser fácil", ela disse. Porém, depois eu descobri que aquela também era a primeira vez dela numa trilha.

No dia 19 de Janeiro, um domingo bonito e ensolarado, resolvemos subir o Morro Pão de Ló, que fica no município de Quatro Barras, a 40Km de Curitiba/PR. Havia um guia/amigo paciente e com experiência, e o resto do grupo se consistia, em sua maioria, de iniciantes na prática do trekking. Começamos nossa caminhada por meio de uma trilha histórica, o Caminho do Itupava. Aberto entre 1625 e 1654 por indígenas, escravos e mineradores, a trilha liga Curitiba à cidade de Morretes, perto do litoral paranaense. Inclusive, há pessoas que caminham atravessando o morro até Morretes, o percurso tem cerca de 25Km. E além do Morro Pão de Ló que oferece uma caminhada de 4,5Km até o pico, o Caminho do Itupava também leva à outros morros e uma cachoeira, que eu ainda pretendo voltar para conhecer.

A Primeira Vez que Fiz Trilha

Morro Pão de Ló


A trilha até o Morro Pão de Ló é considerada de nível leve e acredito que seja uma boa aventura para iniciantes. Grande parte da caminhada inclui um terreno relativamente fácil, mas para aqueles que tem baixa resistência, como eu, a subida pode ser um desafio, e digo isso por que eu cansei muito subindo o morro. Há pedras, lama e caminhos quase fechados em meio a vegetação.

Trilha Morro Pão de Ló

A parte realmente difícil pra mim foram os últimos 500m de subida íngreme. Nós já estávamos andando a 2 horas e começaram a aparecer grampos e cordas em pedras gigantescas para facilitar a subida. Os grampos são estruturas de metal fincadas nas pedras em formato de escada, muitas pessoas tem medo de usar os grampos, mas sinceramente, eu achei que devia ter mais deles em alguns pontos da subida.

Quase Chegando no Pico do Morro


Eu já estava vendo o pico do Pão de Ló quando comecei a sentir taquicardia, um dos primeiros alertas do meu corpo quando estou a ponto de ter uma crise de ansiedade. Para quem não sabe, eu tenho TAG (Transtorno de Ansiedade Generalizada), e por saber que o meu corpo não estava lidando bem com 1.300m de altitude, eu sentei no meio do caminho, respirei e bebi água. Alguns amigos se ofereceram para carregar minha mochila e com calma passaram alguns minutos conversando comigo até a ansiedade passar.

Para quem não é acostumado, andar quase 5Km sem parar, e depois fazer esforço com todos os membros do seu corpo numa subida, não é algo simples. Portanto, quando meu corpo e minha mente pediu, eu dei atenção a eles, e parei. É legal superar desafios, mas naquele momento eu estava no meu limite e precisava de um tempo, eu respeitei esse tempo a fim de me recuperar, e assim se deu. Depois de me restabelecer, eu subi o fim do morro e cheguei ao pico com uma salva de palmas dos que já haviam chego lá encima e estavam apreciando a vista. Mas é claro, eu não conseguiria sem a ajuda dos amigos que me ofereceram água, apoio moral e a mão para subir as últimas pedras do morro.

A Vista do Morro Pão de Ló


Infelizmente, apesar de o clima estar agradável no dia da trilha, havia muita neblina no pico, por isso, não conseguimos ter uma vista 100%, mas confesso que só de estar lá encima a sensação já é maravilhosa.

Morro Pão de Ló Trilha

Depois de comer, jogar truco, tirar fotos, curtir a natureza e usar uma moita como banheiro, descemos o morro. A descida, como era de se esperar, foi fácil. Eu já havia me acostumado com o terreno e o caminho. Além disso, fizemos longas paradas durante a descida, ao contrário da subida, que foi sem intervalos.

Comecei o ano fazendo algo novo e superando um mega desafio. Fiquei feliz por mim mesma, fiz algo diferente, respeitei meus limites, entendi os sinais de alerta do meu corpo e consegui lidar com isso sem ter uma crise ou um colapso nervoso. Essa trilha me mostrou que sou bem mais forte do que eu pensava, esse tipo de experiência com a natureza nos dá motivação para enfrentar e matar no peito as dificuldades da vida.

A Primeira Vez que Fiz Trilha

Acho muito válido trazer minhas experiências para o blog, dessa forma o post serve como memória para mim, e talvez um aprendizado para os leitores. Conversar sobre acontecimentos pessoais nos aproxima e possibilita uma troca de figurinhas sobre o assunto não é mesmo? Agora me diz, já pensou em fazer ou faz trilha?


29 comentários:

  1. Só fiz trilha uma vez e eu não tinha a dimensão que faria uma trilha xD. Hoje em dia não sei se faria de novo, não é algo que me dê tanta vontade, embora a vista de cima é recompensador. Para descer todo santo ajuda xD. E que bom que ocorreu tudo bem e a sua ansiedade se normalizou.
    Beijos,
    Mundo Perdido da Carol
    Instagram: @carolinsweet
    Fan Page

    ResponderExcluir
  2. Nunca fiz uma trilha completa. Uma vez fui numa trilha, mas tive que desistir porque estava ficando tarde, estava anoitecendo e lá era perigoso por causa de animais, como onça e cobras. Por isso fui só até a metade. Mas um dia quero fazer uma trilha completa. Deve ser bem divertido.
    Que bom que você conseguiu superar seus medos e venceu mais esse desafio em sua vida.
    Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo passeio, mesmo com o que aconteceu. Me conhecendo bem, tendo ansiedade e sendo bem pouco resistente, provavelmente eu passaria pela mesma experiência. Ainda bem que tinha os seus amigos ao seu lado. Estou querendo fazer coisas diferentes esse ano também mas tenho um pouquinho de medo de fazer trilha rs

    Abraço,
    Parágrafo Cult

    ResponderExcluir
  4. Achei lindo seu post, sua superação e respeito com o seu corpo... Isso são coisas raras de se ver, sabia?

    Eu só fiz trilha uma vez e terminei com esse sentimento de gratidão também!

    Beijo♥

    ResponderExcluir
  5. Deve ter sido uma experiência incrível mesmo! Acho trilhas super legais, apesar de quase não fazer.

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  6. Eu sou apaixonada por trilhas! Mas as primeiras foram as mais difíceis, inclusive já desmaiei no percurso de uma mais hard. É importante que você fique feliz com sua conquista, afinal você é uma mulher forte e maravilhosa!
    PS: Final de março vou estar em Curitiba vamos se desvirtualizar por favor!

    Beijoos,
    Quase Mineira

    ResponderExcluir
  7. Eu nunca fiz trilha, mas como faço caminhada as vezes acho que não seria tão complicado pra mim (o problema devem ser as dores no dia seguinte, kkkk). Achei muito bacana a postagem e amei essas fotos! Ótimo passeio :)

    https://www.biigthais.com/

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  8. Eu já fiz uma trilha completa pra nunca mais repetir a experiência na vida kkkkk quase tenho um infarto no processo
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio Rumo aos 4K no instagram

    ResponderExcluir
  9. Oi Leslie, tudo bem?
    Já fiz uma trilha em Santa Catarina e amei, mas também fiquei mega cansada.
    Parabéns pela coragem e por não ter desistido! O processo é difícil mas, falando por mim ao menos, sempre que enfrento essas situações eu me sinto MUITO incrível e corajosa. Espero que você também. ♥
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  10. Eu vi os seus stories e ri demais de algumas situações haha menina, eu morro de vontade de fazer trilha, mas morro de medo. Adorei saber da sua experiência.
    www.achatadebatom.com

    ResponderExcluir
  11. Miga você é corajosa haha eu não tenho esse espirito aventureira não, morro de medo dos bichos pelo caminho, socorro! haha mas a conexão com a natureza sei que é incrível, e a vista também maravilhosa mesmo estando com neblina. Amei sua experiência.

    Beleza Nerd

    Instagram: @gleicyhaner


    ResponderExcluir
  12. Eu cheguei a fazer trilhas mas não é muito a minha praia me da uma aflição de nunca chegar e sou bem estabanada para cair kkkkkk. Você foi corajosa!

    https://estacaolilas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Olá
    Tudo bem?
    Gente que legal, já fiz trilha ao tempo atrás me sente tão livre.
    Adorei a postagem e as fotos.

    Beijos da Kah
    Blog Mundo da Kah
    Canal Blog Mundo da Kah
    Instagram

    ResponderExcluir
  14. Leslie. ♥ Que post mais inspirador!! Muito feliz e parabéns por ter feito algo novo e por ter superado, mas respeitado o seu limite. Isso é muito importante! Com certeza foi incrível para você e mesmo com a vista do pico deixando um pouco a desejar, acho que o orgulho que você sentiu, faz tudo valer a pena! E isso, no final, que importa. E que amigos maravilhosos! ♥

    Ah! Uma vez eu fiz uma trilha, foi a minha primeira e única (até então hahaha). Foi incrível. Eu tenho asma e tava com medo e detalhe: tinha acabado de sair de uma pneumonia. Fiquei bem orgulhosa!! Na hora da volta, eu quis voltar de barco, mas não deu e tudo bem! Foi uma das aventuras mais incríveis e que ficou na memória para sempre! :)

    Beijos, Carol
    www.pequenajornalista.com

    ResponderExcluir
  15. Uau, deve ter sido super especial fazer essa trilha, Leslie. Já fiz algumas trilhas a pé e de bicicleta, e é muito bacana! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  16. Oie!
    Eu não fiz trilha, acho que nem tenho condicionamento físico para tal, preciso treinar mais antes de me arriscar, mas acho lindo demais!
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. OI Leslie, muito bom começar o ano se superando e fazendo algo novo. Eu adoro fazer esse tipo de programa e a subida realmente cansa. Muito bom que você teve o apoio dos amigos e conseguiu chegar lá.
    beijos
    Chris


    Inventando com a Mamãe / Instagram  / Facebook / Pinterest


    ResponderExcluir
  18. Oi, Leslie. Tudo bem?

    Trilha está entre uma das coisas que ainda quero fazer na minha vida, eu realmente não sabia que existia trilha tão pertinho de Curitiba. Na minha próxima visita tentarei estar visitando. Gostei das fotos e essas experiências são sempre sensacionais, né?

    Beijos, Vanessa
    Leia Pop

    ResponderExcluir
  19. Oiii, Leslie, tudo bom?
    Menina, eu fiz igual sua amiga hahaha. Convidei um grupo de amigos para fazer trilha, sendo que era minha primeira vez kkkkkk #medo.
    Adorei o post e nunca nem tinha ouvido falar desse lugar.
    Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
  20. Oie Leslie!

    Olha que engraçado, vocÊ veio comentar sobre Foz no meu blog e eu venho falar sobre caminhada e trilha no seu, adorei!
    Eu não conheço o morro do pão de ló e nunca fiz trilha, mas a ideia me apeteceu! Achei legal você falando que respeitou seus limites, está certíssima! A gente tem que enfrentar eles sim, mas também darmos tempo ao tempo para que nosso corpo se adapte aos novos limites que vao sendo criados


    e parabéns!
    Aposto que a vista e a sensação se estar lá em cima deve ter sido maravilhosa!
    Tenho vontade de fazer trilha e chegar aos morros para ver os lugares maravilhosos, assim como vocÊ fez <3

    Na próxima vez de foz já sabe: precisa por o marco das tres fronteirass!
    Logo voufalar do parque das aves, eu também me apaixonei!
    Eu também acabei comprando eles separados, mas porque param de vender principalmente no final do ano, porém no inicio até antes do fim do ano eles vendem, e vc pode comprar antes para o dia que for em dezembro, por exemplo

    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
  21. Ohh you looks so cute <3 Have a lovely week:**

    ResponderExcluir
  22. que demais conhecer essa trilha e vc ter compartilhado sua experiência conosco... eu comecei a me envolver em passeios mais de natureza como esse ha pouco tempo e tenho AMADO, cada vez mais quero fazer mais trilhas e conhecer novos lugares, esse contato com a natureza recarrega nossas baterias

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  23. Olá! Eu comecei a ter crises de ansiedade ano passado e ainda não sei lidar em com isso, é complicado saber quando começa e quando termina. Mas, eu sou apaixonada por trilhas, gosto de andar assim e tirar muitas fotos.
    Amei saber que gostou e que pretende voltar para conhecer a cachoeira.
    Beijocas.

    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Não é meu programa favorito, mas resolvi me aventurar no ano passado. Foi um desafio, divertido e tanto.
    Eu não conhecia essa trilha, gostei do seu relato.
    bjs www.diadebrilho.com

    ResponderExcluir
  25. Leslie! Parabens por ja ter comecado o ano se desafiando a fazer algo diferente, esse ano ja esta mostrando a que veio nao e mesmo? Contei la no blog como foi para mim a subida pela trilha ate chegar ao Cristo Redentor, aos poucos vou me "achegando" a natureza. E voce, siga nas trihas pois quero acompanhar tudinho! Beijinhos

    ResponderExcluir
  26. Leslie parabéns pela coragem e pelo desafio vencido, nunca fiz trilha mas tenho vontade de fazer sim, bacana conhecer os limites do seu corpo isso é mesmo importante para muitas fases de nossas vidas nas quais passamos por diversos obstáculos!
    Beijos ♥
    www.silalmeida.com

    ResponderExcluir
  27. Parabéns pela coragem, desafio e pela trilha, já fiz uma e tenho vontade de fazer outras, temos que sempre nos superar e fazer algo que nos faz bem.

    Beijos
    www.pimentadeacucar.com

    ResponderExcluir
  28. Oi
    um programa interessante, mais ta ai um programa que não chama a intenção para ser feito, não sou uma pessoa da natureza, pelo menos teve a oportunidade de ir em um lugar lindo.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir

➤ Comentários rasos e sem sentido não serão respondidos e retribuídos.
➤ Se você NÃO leu o post ou o assunto NÃO te interessa, NÃO COMENTA!
➤ A você que leu o post e vai fazer um comentário pertinente ao assunto, meu muito obrigada.
O mais breve possível passarei em seu blog para retribuir o carinho.

© APENAS LEITE E PIMENTA 2013 | 2020. Todos os direitos reservados.
Layout e codificação: GLEICY HANER - DESIGNS E FOTOGRAFIA .
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo