26 agosto 2020

Três Coisas que Aprendi Depois da Minha Transição Capilar


A transição capilar não se refere apenas a abandonar a progressiva, mas essa fase também vem de dentro para fora, com autoconhecimento e autoestima.


O que é Transição Capilar?

A transição capilar é a trajetória do cabelo que passou por procedimentos químicos, até a recuperação total dos fios com sua estrutura natural. Em busca de autoaceitação, muitas pessoas tem abandonado as técnicas que mudam a textura do cabelo, para obter novamente um cabelo saudável e inalterado por químicas.

No meu caso, nunca utilizei nenhum método de alisamento definitivo, mas eu com certeza era escrava da escova e da prancha. Muitas vezes, mesmo estando extremamente cansada, pois eu fazia curso de moda durante a semana e ainda tinha outros afazeres, no final de semana eu passava horas escovando e pranchando o cabelo até obter o resultado desejado, quando na verdade, eu queria mesmo era ter passado aquele tempo dormindo e descansando. Mas, em 2014, faltando alguns meses para o meu casamento, eu resolvi começar a aceitar o meu cabelo natural, estava cansada de gastar tempo e energia em tentar alinhar e alisar os fios. E durante essa transição eu aprendi coisas importantes sobre mim e minha madeixa.

1. As principais características do meu cabelo.

Quando abandonei a chapinha, eu nem sabia como poderia classificar meu cabelo. Liso? Liso meio enrolado? Encaracolado? Eu não fazia ideia, só sabia que naquele momento ele precisava muito de uma boa hidratação para recuperar os fios ressecados pelos anos de uso de fonte de calor.

Em busca de uma máscara de hidratação, acabei comprando por engano um ativador de cachos, só percebi o erro quando cheguei em casa e prestei atenção na embalagem. Resolvi procurar alguns tutorias de uso do produto e fiquei impressionada com o resultado. Enfim eu consegui ver meu cabelo bonito e com cachos lindos, me apaixonei por meu cabelo naquele dia.

Depois eu descobri que existe uma classificação para tipos de cabelos, sendo os fios naturalmente e totalmente lisos, até o 4c, que são os cabelos crespos com os fios em cachos bem fechados.

2. É importante usar produtos específicos.

Depois de aprender que meu cabelo é cacheado e classificado em 2c/3a, ficou infinitamente mais fácil cuidar dele e mante-lo com os cachos ativados e alinhados. Diferentes tipos de cabelos exigem atenções distintas, por isso é tão importante conhecer seu cabelo e usar produtos específicos, assim você consegue oferecer aos fios o que eles realmente necessitam, o que por sua vez, mantém a saúde do seu cabelo. Veja abaixo alguns produtos vendidos na Like Cosméticos que podem ser incluídos no seu cronograma capilar.

3. Posso me arriscar em qualquer corte e comprimento de cabelo.

Quando eu era criança, acreditava que se deixasse meu cabelo crescer bastante, com o peso ele ficaria menos volumoso e bem liso. Eu sei, era um pensamento que não fazia sentido. Mas até os vinte anos de idade, eu morria de medo de cortar o meu cabelo muito curto e não conseguir controla-lo. Em 2015, logo depois do meu casamento e com o apoio do meu marido, arrisquei e cortei o cabelo na altura do queixo em formato long bob. Eu achei lindo e desde então nunca mais tive medo de cortar meu cabelo em comprimento curto.

Veja Também: O que é e como montar um cronograma capilar?

Atualmente eu faço escova esporadicamente, acho que liberdade e autoaceitação tem a ver com deixar que seu cabelo fique como você bem entender e se sente bem. E um alerta, cabelo curto vicia mores, haha.

*Este texto contém publicidade. Futuramente os produtos apresentados aqui podem não estar disponíveis na loja mencionada no post.


32 comentários:

  1. Adorei as dicas! Ótimo post! O meu cabelo é liso, mas quando deixo ele comprido, as pontas ficam um pouco cacheadas hahahah.

    www.brunavirginia.com
    Beeijos (:

    ResponderExcluir
  2. Eu vi no instagram que tu cortou os cachinhos de novo, ficou bem bonito ♥. E que bom que perdeu o "medo" de cortar o cabelo curto e o seu marido super te apoiou. Acredito que usar produtos específicos ajuda demais, até porque costumam ser mais hidratantes, né?
    Eu acabei passando por uma "transição" capilar (bem diferente do cacheado, por isso as aspas) para recuperar o meu cabelo natural castanho. Em 2015 em uma descoloração de mechas, meu cabelo acabou ficando elástico e extremamente danificado. Aí esperei dois anos e não descolori mais, fui só tonalizando o que tinha e deixei crescer. Depois taquei a tesoura xD. Sem dúvidas o que mais me ajudou foi usar os produtos certos.
    A loja Like Cosméticos acabei conhecendo por conta de alguns blogs :). Achei bem legal e estou só juntando dinheiro para ir comprar produtinhos legais pro meu hair.
    Beijos,
    Mundo Perdido da Carol
    Instagram: @carolinsweet
    Fan Page

    ResponderExcluir
  3. Acho que a parte mais legal da transição é se redescobrir. Teu cabelo tá tão lindo e cheio de vida, Les! Eu sempre achei que o meu era "1", mas hoje em dia sei que ele é algum dos "2"... igual, sempre compro produtos de cabelo liso porque acho que dão conta do recado, o meu tem mais frizz e amassados do que cachos ou ondulados :(

    Beijinhos
    tipsnconfessions.blogspot.com
    instagram.com/raquel_tips

    ResponderExcluir
  4. Amei o post. A única coisa química que faço no meu cabelo é pintar, mas desde os 16 uso chapinha e isso mudou muito meu cabelo. Ele é do tipo 2bc e quando eu era criança eu acreditava que meu cabelo era crespo por causa do volume e só depois que fui descobrir como ele era realmente.
    Já tentei fazer a transição me livrando da chapinha, mas eu sempre sentia o cabelo muito pesado usado creme de pentear e ele ficava sempre com uma aparência de que eu nem tinha penteado o cabelo, então voltei para a chapinha.
    O seu cabelo é lindo e que bom que decidiu se aventurar em cortes
    beijos
    https://www.dearlytay.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu também passei por esse processo de transição, só que sem entender muito bem como funcionava, eu só tava extremamente cansada assim como você de passar horas alisando o cabelo! E no meio desse processo o que me chamou muito a atenção eram que os elogios só eram direcionados quando meu cabelo estava liso, ainda hoje sinto essa diferença de tratamento quando estou alisada x cacheada hahaha mas eu não ligo, não sei se também aconteceu com você mas é muito louco!
    Beijoss, Blog Seja Agridoce ♥️♥️♥️

    ResponderExcluir
  6. Leslie é tão legal esse autoconhecimento, né? Faz toda a diferença. Tenho outras amigas que passaram por essa transição e é nítido como elas alimentaram o amor próprio. Acho que a gente tem de fazer aquilo que faz bem mesmo, sem seguir nenhum padrão. Confesso que fazer progressiva no meu cabelo me faz bem. Mas sempre com cuidado e confiando no profissional! Meu cabelo já é meio liso, mas com o produto me sinto mais feliz. E entender isso fez toda a diferença. E sabia que quando eu era mais nova não curtia cabelo curto? O meu não chega a ter um corte bem curto, mas um pouco abaixo do ombro e me sinto renovada. Gosto de cabelo grande, mas hoje sou mais feliz com esse comprimento. ♥ Enfim, adorei o post. ^^

    Ah! Sobre a autora Juliana Dantas, obrigada pela dica. Já tinha anotado alguns livros dela para embarcar. Acho que vou curtir!

    Beijos, Carol
    www.pequenajornalista.com

    ResponderExcluir
  7. haha pior que é. Cabelo curto é tão mais prático né? Só que eu sou o cúmulo da preguiça: deixo meu cabelo crescer até eu não aguentar mais e depois corto ele curtinho pra ficar um tempão sem precisar cortar haha

    ResponderExcluir
  8. Amei esse post Leslie, confesso que ainda me prendo no uso do secador. Não consigo ficar com o cabelo enrolado e é muito difícil sair com ele natural. Acho que meu cabelo é o 2A! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  9. Dos 11 anos até os 28 eu sempre fui muito cabeça dura que cabelo bonito só tem q ser liso. Sendo que os cacheados vem dando show. Mas, tudo melhorou depois q surgiram tantos produtos para o nosso cabelo. Foi um processo mudar, mas hoje venho amando e tenho usado mais meu cabelo cacheado.
    Adorei o seu processo, e o seu cabelo tá lindo. Realmente, os curtinhos são viciantes. Já fui dessa fase, agora to no cabelão.
    bjs www.diadebrilho.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Leslie

    Eu também estou passando por um período de transição capilar. Eu tinha luzes e retocava a cada dois meses, pois me cabelo cresce muito rápido. Foram quase sete anos de descolorações e meu cabelo não estava mais aguentando. Com medo do corte químico, resolvi escurecer e agora ele está natural mais ou menos até a metade, nas pontas ainda há tinta e no sol dá para perceber bem, pois fica meio avermelhado. É um processo que demanda paciência e boa vontade, mas estou satisfeita de não ter que gastar rios de dinheiro no salão e de ver que meu cabelo está forte novamente.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  11. Found this post interesting. My hair has always been curly.

    ResponderExcluir
  12. Tão bom conhecer mais o nosso cabelo e ver o que realmente cai bem, né? Acho bem bacana essa questão de transição capilar, porque é mais um autoconhecimento.
    A Chata de Batom

    ResponderExcluir
  13. Leslie, concordo! Cabelo curto vicia kkkkkkkkkk.
    Eu passei a cuidar mais do meu cabelo depois de 'velha', até meus 20 e tantos não dava muita importância não. xD

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  14. Eu comecei a transição mas não tive paciência para lidar, meu cabelo é 2C mas odeia qualquer produto nele. Tudo pesa. Ultimamente a unica coisa que não pesou foi o óleo da Loreal. Produtos específicos faz diferença brutal, se eu não ativar o cabelo ele fica um liso meio leão.Atualmente, tenho usado progressiva por praticidade. Eu amo cabelo curto, mas prático de cuidar, Seu cabelo ficou muito lindo curto. Não vi ele grande. vou procurar no instagram.

    Beeijos da Tami <3
    Eu Milhazes

    ResponderExcluir
  15. Que post legal!!
    E é bem isso que você comentou, além de ser uma transformação por fora é algo que vem de dentro também, de autoconhecimento né ;)
    Achei bem interessante essa classificação para tipos de cabelos.

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi Leslie, eu acabei de descobrir que o meu também está entre o 2C e 3a. Eu também tinha receio de cortar o cabelo curto e ele armar, encher e ficar incontrolável. AGora sabendo o meu tipo de cabelo vou procurar o produto mais adequado. Muito obrigada pelas dicas.
    beijos
    Chris


    Inventando com a Mamãe / Instagram  / Facebook / Pinterest

    ResponderExcluir
  17. Olá, Leslie.
    Acho que a mudança mais importante começa por dentro. E hoje em dia graças a Deus temos muitas referencias de cabelos cacheados e crespos na mídia, o que ajuda muita a aceitação de cada um. Babo naquele cabelo da Maju hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  18. concordo plenamente com tua afirmação no final!
    e cabelo curto vicia muitooooo mesmo! hahah

    xoxo
    Guria do Século Passado

    ResponderExcluir
  19. Que legal saber disso! Meu cabelo não é crespo, é levemente ondulado e volumoso, mas fazia muita chapinha nele quando mais nova, pra me encaixar no padrão de cabelo liso/chapado né. Enfim, passando dessa fase (graças), eu demorei a encontrar produtos que realmente funcionassem pra mim, que deixassem meu cabelo bonito e que me fizesse bem com ele. É difícil, mas que bom que vamos conhecendo mais sobre isso. Fazer uma transição não deve ser fácil, mas seu post deve ajudar bastante quem está passando por isso.

    Beijos
    https://monautrecote.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. Oi Leslie, tudo bem?
    Meu Deus, me identifiquei tantoooo! ♥
    Quando eu era adolescente, odiava o volume do meu cabelo. Costumava deixar ele parcialmente preso enquanto secava pra ficar "modelado" com menos volume. Odiava cortar curto porque me sentia super Hermione. Resultado? Progressiva por 5 anos.
    Em 2016 comecei a transição porque fiquei ruiva, e a prioridade era a coloração. Foram 2 anos cheios de altos e baixos na autoestima, mas hoje aprendi a amar meu cabelo e me sentir poderosíssima cheia de cachos (tive até cabelo curtinho também!).
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  21. Cabelo mais curto é mais prático de cuidar, o meu cabelo é 2B, mas eu gosto de deixar liso.
    big beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  22. Meu cabelo é liso com um pouco de ondas porém faço progressiva há anos e decidi parar esse ano. Estou pensando em cortar ele para crescer mais saudável.
    Amei seu cabelo
    New Post - https://www.exclusivebeautydiary.com/2020/07/ysl-rouge-pur-couture-17-rose-dahlia.html

    ResponderExcluir
  23. Estou redescobrindo o meu cabelo, comecei a fazer química quando tinha 13 anos e fui fazendo até os 27. Faz um ano que parei com a química e a última vez que usei secador e chapinha foi em março. Espero me manter forte em deixar o meu cabelo natural
    Beijos ♡ Blog | Instagram | Youtube

    ResponderExcluir
  24. Olha eu amei esse post, pois é exatamente isso, a transição faz a gente se olhar com mais carinho e cuidar mais do cabelo. Passei por isso há três anos e foi uma das melhores coisas, aprendi demais ♥

    Beijos
    http://www.leiapop.com/

    ResponderExcluir
  25. Oi
    olha eu to na incerteza se passo pela transição, normalmente eu faço maquiagem de fios, que dura ele liso em média 3 meses, mas desde o inicio do ano que não faço, o problema do meu cabelo ele fica mega armado e eu não gosto disso, fora que cabelos cacheados precisam de mais cuidados e eu sou mega relaxada com isso, então ainda estou na dúvida.
    Realmente cabelo curto vicia, o meu agora estou deixando crescer um pouco, pois eu andei sempre deixando ele curto acima do ombro,

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  26. Oi,
    Não é fácil fazer transições, são novas descobertas e novos desafios... Mas o que importa mesmo é aprendermos a conhecer os nossos fios, o nosso organismo e dedicarmos um tempinho cuidando do nosso cabelo :)
    Quando tinha o cabelo mais curto mal o arranjava ou mal criava penteados divertidos e giros, só pensava em fazer o cabelo crescer. Agora que tenho os fios um pouco mais compridos, tenho saudades do cabelo curto xD

    XoXo
    - Helena Primeira
    - Helena Primeira Youtube
    - Primeira Panos

    ResponderExcluir
  27. Acho a proposta da transição capilar bem legal. Preciso fazer um cronograma para mim ♡
    https://blogmariianaleal.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  28. Oi, Leslie!
    Que post lindo e importante. Adoro pensar sobre isso de que cada um tem um cabelo específico e merece um tipo de tratamento que o atenda dessa forma. É muito gostoso não ficar presa a um único estilo, né? A gente se sente livre em todos os níveis dessa forma, e isso não tem preço. Fico muito feliz que você se encontrou <3

    Beijos,
    Fantasma Literário

    ResponderExcluir
  29. Eu amei esse post.
    Também passei pela transição capilar e demorei muito para entender o meu cabelo, mas ter deixado de alisar foi a melhor coisa que eu fiz.
    O bom dos fios naturais é que eu posso facilmente alisar qnd der vontade e voltar aos cachos no dia seguinte. O importante é estar bem com a gente mesmo


    bjssss
    Carol Justo | Justo Eu

    ResponderExcluir
  30. A cor do cabelo é linda

    West Kiss Hair sells over 400 styles human hair lace wigs and HD frontal wigs with cheap price and high quality. Buy now from West Kiss and enjoy a discount.

    ResponderExcluir
  31. I think what you said about hair knowledge is good, if you want to know about more hair knowledge, you can go to Yolissa Hair

    ResponderExcluir
  32. Esse post é super importante para que mais pessoas possam aceitar seus cabelos como são, sem se sentirem "culpadas" por isso. Meu cabelo sempre foi cacheado (acho que era 3B ou 3C) e eu alisei porque não aguentava mais ter que lavar todo dia, haha. Ou seja, eu não sabia cuidar nem gostava de fazer isso. Sinceramente, eu não me arrependi de alisar, porque eu acho bonito como está e me identifico mais assim. Mas fico muito triste ver pessoas que só alisam, por causa do preconceito contra cabelos cacheados/crespos ou porque acha que os cachos são completamente indomáveis. E fico triste com isso, porque, na maioria das vezes, elas não alisam pq preferem assim, mas pq os outros preferem assim. Que tenhamos mais liberdade para agirmos da forma como mais gostamos, sem o preconceito/opinião dos outros. Fico muitooo feliz por você ter encontrado a paz nos seus cachos, haha.
    Blog Lysonjeada

    ResponderExcluir

➤ Comentários rasos e sem sentido não serão respondidos e retribuídos.
➤ Se você NÃO leu o post ou o assunto NÃO te interessa, NÃO COMENTA!
➤ A você que leu o post e vai fazer um comentário pertinente ao assunto, meu muito obrigada.
O mais breve possível passarei em seu blog para retribuir o carinho.

© APENAS LEITE E PIMENTA 2013 | 2020. Todos os direitos reservados.
Layout e codificação: GLEICY HANER - DESIGNS E FOTOGRAFIA .
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo