junho 08, 2017

Eu Vi: Mulher Maravilha


Quando se fala em Super-Heróis, minha favorita ~ever~ sempre foi a Mulher Maravilha, por que ela foi a única referência feminina no HQ que eu tive por muito tempo. No meio de heróis e vilões homens, ela se destacava por ser A MULHER Maravilha. Mas, apesar de gostar muito da personagem, quando soube que sairia um filme tendo ela como protagonista eu não fiquei ansiosa, na verdade, me preparei para uma decepção, tanto que nem fazia questão de assisti-lo no cinema. Sabe quando você pensa: "vou se der?", esse era meu sentimento, por que a Warner Bros. em parceria com DC Comics tende a me decepcionar frequentemente. Não estamos falando de Marvel e seus Vingadores, estamos falando de DC e a ilusão de Esquadrão Suicida, sem história e com brechas na trama, total fracasso, só a Arlequina se salvou! Sem comentar sobre os filmes do Batman contemporâneo, desde 2005, o único filme digno de nosso deslumbramento foi O Cavaleiro das Trevas, com a atuação incrível de Heath Leadger como Coringa. Houve muito alvoroço quando saiu Batman VS Superman, eu esperei tanto tiro, porrada e bomba e na verdade, ainda estou esperando. Não sou crítica de cinema, essa é apenas minha opinião, por isso, quando fui assistir Mulher Maravilha, eu passei a não esperar nada do filme, eu tinha certeza que novamente me decepcionaria com a Warner e a DC, sabia que o filme poderia não dar a devida história que a Princesa Diana merecia. Mas, ainda bem, eu estava errada. Mulher Maravilha foi o primeiro filme sobre um dos personagens da DC que a Warner conseguiu me encantar. Sai da sala de cinema pensando:"até que enfim conseguiram acertar!"


Em Batman VS Superman, a Mulher Maravilha dá o ar de sua graça e parece um pouco preocupada com uma certa foto, não galera, nada de nudes, mas na verdade, a foto mostra a moça com mais três rapazes na Primeira Guerra Mundial. E o filme protagonizado por ela nos conta a origem dessa foto e da Mulher Maravilha como a conhecemos. Se você caiu nesse planeta de paraquedas e ainda não viu o trailer, clique aqui.


Atualmente, é normal que vejamos mulheres fortes protagonizando filmes, pouco se vê em relação a princesas frágeis precisando de alguém para resgata-las em seu cavalo branco. Porém, em Mulher Maravilha não há excessos, não observei nenhuma relação direta com o feminismo em si, e também não houve nenhum momento em que Diana se deixou abater por ser mulher, mesmo que ela tivesse que aprender sobre os costumes femininos e o papel predefinido das mulheres em Londres durante a época da Primeira Guerra Mundial. Temos também o romance na medida certa no filme, todo super- herói precisa conhecer o amor, não seria diferente com a Princesa Diana de Themyscira. Ela foi criada numa ilha onde existem apenas mulheres, mas ela sabe o que é um homem e se deixa levar pelos sentimentos que desenvolve por Steve Trevor, seu "parceiro de luta", por assim dizer. Nossa expectativa romântica como telespectador é saciada com equilíbrio, por que no resto do filme a Mulher Maravilha mostra que sabe mesmo bater como uma mulher! Apesar da contrariedade da sua mãe, a Princesa Diana aprende a lutar com a sua tia desde bem pequena e usa isso a favor das pessoas, ela decide acabar com a Guerra que naquele tempo afligia a humanidade.


Além de entendermos como Diana se transformou em Mulher Maravilha, o filme também traz considerações importantíssimas sobre a base de senso do homem. Será que os homens fazem o que é mal e travam guerras por que tem mesmo o coração cheio de maldade, ou existe algo maior que os influenciam a fazer o que é errado? 

Gal Gadot, a atriz que já havia aparecido em alguns filmes de Velozes e Furiosos, se consagrou ao interpretar tão bem a protagonista até os cinco meses de gravidez na vida real. Enfim, a Mulher Maravilha é teimosa e esperançosa, uma personagem encantadora com seu jeito de ser obstinado. Espero que gostem do filme tanto quanto eu, dessa vez a Warner e a DC me conquistaram, esperamos que A Liga da Justiça, com estreia prevista para 16 de novembro no Brasil também seja um filme que supere nossas expectativas. Mas por enquanto, já assistiram Mulher Maravilha nos cinemas? Abusem do espaço para comentários. Beijos de Leite.

Me acompanhe nas redes:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

* Comentários que eu perceber que são C+C serão ignorados;
* Só respondo comentários em que falam sobre o post;
* Deixe o link do seu blog para que eu possa retribuir a visita;
* Clique na aba "notifique-me" para ser avisado quando eu responder o seu comentário aqui no blog.

© Apenas Leite e Pimenta - 2013 - 2017. Todos os direitos reservados.
Criado por: Leslie Leite.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo