agosto 22, 2017

#2 Mudando os Hábitos: Esclarecimentos

Ontem eu liberei aqui no blog uma introdução sobre a minha mudança de hábitos alimentares, onde tenho tido como base uma dieta low carb, ou seja, a diminuição de ingestão de carboidratos diariamente. Diante disso, surgiram algumas perguntas dxs leitorxs que eu espero sanar com algumas informações importantes que eu deixei de explicar no primeiro post, afinal, aquele foi apenas uma introdução e um desabafo do meu enorme medo em ter que parar de comer coisinhas as quais eu estava acostumada. ~chora comigo coleguinha.

Acompanhamento. Estou tendo acompanhamento médico, porém, não de um nutricionista. Minha médica pediu graciosamente para que eu diminuísse a ingestão de carboidratos e açúcares, e eu preciso mante-la até o final de setembro (quando será minha próxima consulta), ou seja, tal forma de alimentação (possivelmente) tem prazo para acabar. Mas, isso não significa que assim que a dieta "acabar" eu vou voltar para os maus hábitos. Não. Na verdade, ter que fazer essa mudança alimentar foi apenas um gatilho para começar algo que eu já deveria ter feito a muito tempo: manter uma alimentação mais saudável, começar a comer "comida de verdade". Lembrando que minha médica não pediu para que eu seguisse a filosofia low carb, porém, ao pesquisar sobre como eu poderia diminuir os carboidratos, acabei conhecendo essa dieta/estilo de vida e achei interessante que ela servisse de base para meus novos hábitos. Sugiro totalmente que ao começar uma dieta, você visite seu médico e siga as recomendações dele.

A primeira coisa que eu fiz depois do conselho da médica, foi pesquisar. Fiz isso cabalmente, internet tá aí pra isso não é mesmo? Mas é claro, é necessário filtrar informações quando se faz pesquisas online, nem tudo o que a gente lê é verdade. Dentro das minhas pesquisas consegui dicas valiosas no site Vida Low Carb e no Guia da Boa Forma. Montei uma lista de compras com alimentos que contém pouco carboidrato e guardei receitas saudáveis para tentar em casa. Além disso, assim que decidi começar a dieta, separei uma parte do meu Bullet Journal apenas para servir de "diário" sobre a vivência Low Carb. Ali eu anoto como ando me sentindo e que tipos de substituições entre um alimento e outro eu andei fazendo na hora de comer. Toda essa preparação foi importante para que eu soubesse por onde começar.

Zero Carboidrato? No post anterior eu expliquei que o No Carb, significa uma dieta zero carboidrato e ela não é recomendada pelos médicos. A Low Carb traz a ideia de apenas diminuir a ingestão de carbo. Por isso é importante conversar com o seu médico, afinal, uma dieta com 30g de carboidratos diários não é aplicável a todo tipo de pessoa. Tirar mais carboidratos do que seu corpo necessita pode ser um problema, mesmo com boas intenções você pode acabar passando mal se não souber equilibrar os nutrientes no seu corpo. E um profissional pode te dar as recomendações corretas que você precisa.

Eu uso a Low Carb como base para uma alimentação saudável, eu consumo sim carboidratos, porém, de forma mais equilibrada. Por exemplo, durante estes dias que aderi à dieta, tive fome de um lanchinho durante a tarde, antes eu provavelmente comeria um pacote de bolacha inteiro sozinha com um copo de Toddy. Mas, por me lembrar do conceito Low Carb eu passei a procurar coisinhas mais saudáveis na hora da fome, como umas bolachinhas de leite (que tem carboidrato, porém menos do que um pacote inteiro de bolacha) e creme de abacate (que possuí gorduras boas e é comida de verdade, ao contrário do Toddy que é atolado de açúcar). Além disso, muitas pessoas que seguem a Low Carb, acabam abandonando até mesmo as frutas, por que nelas tem a frutose (algumas frutas mais do que em outras) que é açúcar. Mas é necessário ter equilíbrio, eu mesma, passei na verdade a comer muito mais frutas do que eu comia antes. Entende o que eu digo? Não utilizo o Low Carb como uma filosofia absoluta, mas apenas como uma base para uma mudança de hábitos alimentares.

Objetivo. Essa é uma parte muito importante que preciso deixar claro. É normal começar a Low Carb visando perder peso. Eu mesma preciso perder 7kg para estar no "ideal" de acordo com o meu IMC (comentei sobre isso no post anterior). Porém, meu objetivo inicial e principal é saúde. Tenho tido muitas infecções e meu sistema imunológico está fraco, de acordo com a minha médica isso se dá por conta de (1) alimentação ruim (2) falta de exercícios físicos. Então, pode ser que o emagrecimento venha como consequência da dieta, e claro, seria ótimo se isso acontecesse, não vou mentir, detesto minha pochete de barriga, mas, por enquanto, esse não é o meu propósito resoluto.

Eu sempre fui extremamente magra, do tipo que com dois dedos era possível dar a volta no meu braço. Mas, passei a engordar depois que comecei a tomar remédios para ansiedade e quando a própria ansiedade começou a se refletir nos meus tratos com a comida. Sério gente, uma barra de chocolate é pouco açúcar pra quando a ansiedade ataca! Hoje, devo confessar a vocês que apesar de estar com "sobrepeso" e querer me livrar da barriguinha, eu gosto das minhas coxas grossas e do meu quadril voluptuoso. Prefiro assim do que ser super magra como antes. Acredito que todo mundo tem o direito de ter o corpo que quiser, e de se amar como é, desde que isso não afete negativamente sua saúde. Não quero engordar mais do que estou agora, mas também, não pretendo ficar paranoica por causa do meu corpo, quero mudar meus hábitos de forma gradativa, sem pressa, pra que seja prazeroso e não um martírio, como são algumas dietas. 

Acho que consegui esclarecer algumas coisas pra vocês, logo eu volto para contar como tem sido a experiência louca de trocar Toddy por Abacate, haha. Qualquer dúvida é só perguntar, o que eu puder, vou responder com base na minha nova rotina de alimentação. Conta pra mim nos comentários se você já conhecia a Low Carb, ou se já tentou seguir outros estilos de vida saudáveis.
~

Nenhum comentário:

Postar um comentário

* Comentários que eu perceber que são C+C serão ignorados;
* Só respondo comentários em que falam sobre o post;
* Deixe o link do seu blog para que eu possa retribuir a visita;
* Clique na aba "notifique-me" para ser avisado quando eu responder o seu comentário aqui no blog.

© Apenas Leite e Pimenta - 2013 - 2017. Todos os direitos reservados.
Criado por: Leslie Leite.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo