10.6.19

Resenha: Godzilla 2 - Rei dos Monstros


Domingo eu fui ao cinema a fim de assistir Alladin, porém, como já não tinha mais horário, resolvemos conferir nossa segunda opção, Godzilla 2: Rei dos Monstros. Confesso que entrei na sala de cinema sem esperar muito do filme, já que eu havia achado o trailer bem apelativo, mas, como eu sou fã do Rei dos Monstros desde as primeiras adaptações, achei justo dar uma chance a ele. Não há spoilers nesse post.

Cinco anos após a aparição de Godzilla (2014), a agência Monarca passa a rastrear vários outros monstros adormecidos em locais distintos do Planeta Terra. Porém, quando o monstro zero acorda, um grande desequilíbrio terrestre acontece, colocando toda a humanidade em perigo. Os humanos passam a fazer parte de uma guerra entre Titãs. Trailer aqui.

Saber que há monstros gigantes e com poderes incríveis adormecidos no Planeta deixaria qualquer pessoa em pânico, e claro, o sistema de defesa do ser humano é simples, o que não entendemos ou não conhecemos, atacamos e matamos. Quantos filmes sobre alienígenas você já assistiu e esse foi o roteiro? As vezes os ET's nem querem nos fazer mal, mas a gente ataca por medo, por que nós, seres humanos, sabemos que não somos nada diante da grandeza do Planeta em que vivemos. No filme Godzilla 2: Rei dos Monstros não é diferente, a agência Monarca revela a existência de dezessete criaturas monstruosas e luta contra o governo afim de manter esse Titãs vivos, pois acreditam que esses seres tem grande importância no ecossistema.

Partindo dessa premissa de que os monstros são bonzinhos e que o Planeta precisa ser restaurado de todos os efeitos ruins das ações dos humanos, surge o vilão que decide acordar o monstro zero, também chamado de Ghidorah, um kaiju que lembra muito uma quimera. Sinceramente, achei o argumento do vilão bem infantilizado, acredito que poderiam ter colocado como ponto principal o contrabando do DNA desses animais, algo muito mais real e indiscutível: a ganância humana diante do descobrimento de antigos titãs. Mas tudo bem, como já havia dito anteriormente, achei o trailer apelativo e o filme é também muito pouco crível.


Se você é um telespectador crítico e que gosta de boas explicações durante o desenvolvimento de um filme, Godzilla 2: Rei dos Monstros não é o ideal para você. O filme começa com informações cientificas que em parte até fazem sentido, mas depois a fantasia toma conta do roteiro. Ao assistir o filme eu acabei ignorando a realidade e aceitando que um monstro radioativo como o Godzilla pode ficar de boas perto dos seres humanos (cêis leram a parte do radioativo né? Talvez num próximo filme algumas pessoas apareçam com guelras) ~irônia. Enfim, acolhi a ilusão do filme e acabei por tomar mais atenção à cultura de lendas da indústria cinematográfica japonesa. Se antes o ocidente conhecia apenas o Godzilla, nesse filme nós somos apresentados a uma enorme variedade de kaijus, além do lagarto gigante Gojira, há também um destaque especial para Mothra, Rodan e como já mencionado, King Ghidorah.

"Momentos de crise são potenciais momentos de fé!" - Dr. Ishiro Serizawa

Apesar de Godzilla 2 dar explicações difíceis de engolir e ser sim, apelativo, saí da sala de cinema com a conclusão de que é aquilo mesmo o que o telespectador quer ver quando se trata de monstros gigantes na tela: confronto! Mesmo havendo uma trama familiar como fundo (assim como foi no primeiro filme), o que nos chama a atenção é a guerra entre os titãs, Godzilla luta contra seu arqui-inimigo Ghidorah enquanto a Rainha dos Kaijus Mothra ataca Rodan, e no meio de tudo isso estão os humanos com suas armas inúteis em punho. Portanto, dá sim pra se divertir com esse filme, basta apenas que você o assista com a mente aberta.

6 comentários:

  1. Oi Leslie

    eu até pensei em ir ao cinema conferir, mas acho que n tô no clima pra esse tipo de filme no momento!

    Bjoooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. deve ser apelativo mesmo, mas pra quem gosta dessas historias de destruição, monstro é uma opção legal de entretenimento

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  3. eu vi o trailer tbm, parece ser legal!
    nunca assisti Godzilla kkkkkkkkkkk

    xoxo
    Guria do Século Passado

    ResponderExcluir
  4. Oi Leslie!
    Pena q vc n conseguiu ver Aladdin, tô querendo ver tbm!
    Te confesso que nunca curti muito esses filmes tipo Godzilla, Jurassic Park, Planeta dos macacos... rs Nem sei explicar o pq!
    Mas que bom q o filme te entreteve!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Artigo interessante esta que acabei de ler aqui em seu blog, estou acompanhando seus artigos alguns dias e são muitas informações interessante gostei.

    Super vale mg

    ResponderExcluir
  6. Eu gostei do primeiro filme mas acho que esse deve estar muito melhor! Quero luta de monstros hahaha

    Apenas eu, Day

    ResponderExcluir

➤ Comentários rasos e sem sentido não serão respondidos e retribuídos.
➤ Se você NÃO leu o post ou o assunto NÃO te interessa, NÃO COMENTA!
➤ A você que leu o post e vai fazer um comentário pertinente ao assunto, meu muito obrigada.
O mais breve possível passarei em seu blog para retribuir o carinho.



Feito com ♥ por Lariz Santana