8.7.20

Leite de Colônia é Bom Para a Pele? O que é e Para que Serve?

Leite de Colônia é Bom Para a Pele

O leite de colônia é um produto conhecido há muito tempo, mas será que ele ainda deve fazer parte da nossa rotina de skincare?


O leite de colônia causou polêmica até mesmo nos comentários do meu post de produtos acabados, houve quem defendesse o produto com base em suas experiências, até aqueles que preferem passar longe só por saber que o leite de colônia contém álcool. Pessoalmente, apesar de saber que o produto é forte e relativamente "agressivo", eu gosto por que ele limpa super bem a pele, mas em vista de tanta controvérsia, resolvi fazer uma breve pesquisa sobre o assunto, essa que eu trago pra vocês nesse post. Lembrando que eu não sou dermatologista, apenas uma blogueira e consumidora curiosa.

Leite de Colônia é Bom Para a Pele?

Depende. Primeiro vamos fazer algumas análises. O leite de colônia é um produto muito antigo, sua primeira fórmula foi criada em 1948, pelo médico e farmacêutico Dr. Arthur Studart. E em 2013 a marca aumentou sua família e desenvolveu outros produtos de skincare. O fato é que a ciência cosmética evoluiu muito desde o século passado, e atualmente, o leite de colônia pode ser considerado um produto obsoleto.

leite de colônia faz mal para a pele?

A função do leite de colônia é ser um tônico de limpeza adstringente, que ajuda a equilibrar a oleosidade da pele e limpa profundamente os poros. E o que faz o produto ser tão polêmico é a adição de álcool na sua fórmula. Mas, agora é que vem o plot da trama, acho que por essa vocês não esperavam... Fazendo uma rápida pesquisa no site CosDNA (que é uma ótima fonte de pesquisa para químicos, estudantes e consumidores que gostam de saber que tipo de substância existe dentro dos seus cosméticos), é perceptível que o menor dos males do leite de colônia é o álcool. WOW! ~cabeças explodindo~.

substâncias da fórmula do leite de colônia

Explicando rapidinho a tabela da CosDNA acima, o mais importante é a coluna "Safety", que mostra o grau de segurança com o uso contínuo do produto, ali a substância é indicada por meio de números de 0 a 9, quanto menor for a escala, menor é o risco de prejudicar a pele ou a nossa saúde com o uso frequente do produto. E como percebe-se na tabela de ingredientes do leite de colônia, o álcool é o primeiro da lista, porém, ele mostra ter uma acúmulo prejudicial menor do que várias outras substâncias que aparecem em amarelo e com escala de 3 a 7. Aliás, note que muito mais do que álcool, a tabela indica pelo menos doze, isso mesmo, DOZE substâncias que tem a função de perfumar o produto (fragrance).

O álcool é uma substância que tende a ser agressiva e ressacar a pele, porém, ele pode ser de benefício para pessoas que tem a pele extremamente oleosa ou acneica. Por isso, ao perguntar se o leite de colônia é bom para a pele, ou se o leite de colônia faz mal para a pele, a resposta é depende, pois é importante levar em consideração o seu tipo de pele e qual a sua disposição financeira para com produtos de skincare, afinal, o leite de colônia é facilmente encontrado e tem um custo baixo, enquanto outros tônicos adstringentes que tem uma formulação mais favorável e natural acabam tendo um preço alto e são de difícil acesso.

Veja também: Resenha Skinceuticals Blemish Age Solution Solução Antioleosidade

leite de colônia faz mal para a pele?

Com certeza o leite de colônia é um produto antigo que já podia ter sido substituído, inclusive, não encontrei nada na internet que afirme a evolução ou o desenvolvimento de uma nova fórmula para o leite de colônia, ou seja, pode ser que ele seja o mesmo que a sua avó e/ou bisavó usava no século passado. Eu tenho a pele mista, e no momento, tenho usado o leite de colônia intercalado com outros produtos mais leves. Mas, com base nas informações que lhe é oferecida, a decisão de usar ou não esse produto deve ser sua, e nada te impede de procurar também uma recomendação e opinião profissional, como de um dermatologista.

Em um próximo post eu venho com mais uma polêmica, e ela se chama Leite de Rosas.

*Este post foi escrito com base no leite de colônia original, pois há outras versões do produto.

24 comentários:

  1. Adorei sua perspectiva, pois você não ficou "babando ovo" do produto e nem rejeitando e fazendo mimimi, como muuuitas pessoas fazem. Super concordo com você!
    Não acho legal usar todo dia. Na minha opinião, baseado em minha experiência, vale a pena utilizar quando NADA tá controlando sua oleosidade, quando está com alguma espinha hiper inflamada ou no dia de limpeza de pele. Nesses casos eventuais, ele é muito bom para mim! Eu busco passar um gel hidratante logo após, para evitar o efeito rebote.
    Eu uso o da embalagem roxinha!
    Ótimo post!
    Já aguardo sobre o leite de rosas.
    garotastarfashion.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Leslie, arrasou muito na pesquisa, viu? ♥♥ Eu não sabia dessa polêmica e têm coisas que a gente nem imagina que é mais perigosa do que outras! E, realmente, tudo vai depender do nosso tipo de pele. E vale testar, pesquisar e, claro, pedir ajuda de um profissional. Eu sempre que escuto falar desse produto, lembro de antigamente. Acho que nunca usei! E curiosa pelo post sobre leite de rosas. :)

    Beijos, Carol
    www.pequenajornalista.com

    ResponderExcluir
  3. Post do jeitinho que eu gosto! Mostrando a coisa real sobre o produto. E muito bom seu ponto de vista, realmente, depende. Com tantas tabelas e opções que temos hoje, podemos escolher e tentar entender melhor o que achamos melhor usar.
    Eu não acho que eles realmente tenham mudado a formula, se mudaram foi pouca coisa.

    Bjukas!
    SengoGigi ♥

    ResponderExcluir
  4. ah, amei esse post! anos atrás minha mãe usava esse produto e vez ou outra eu também, já que na época não seguia muito bem uma rotina de skincare (e nem sabe pra que exatamente serviam alguns produtos). sempre senti a pele mais limpa com ele, mas é nítido o quanto ele tem alcool e é mais agressivo. eu tenho tirado mais os produtos com álcool na composição porque comecei a perceber que deixam minha pele mais ressecada, especialmente quando as temperaturas estão mais frias.

    ResponderExcluir
  5. eu usei muito!
    agora prefiro tônicos mais suaves, sem álcool!

    xoxo
    Guria do Século Passado

    ResponderExcluir
  6. E eu que achei que Leite de Rosas era a mesma coisa que o de colônia? hahahah' Eu uso o Leite de colônia algumas vezes, até esqueço às vezes que ele existe aqui, mas acho bem acessível também, e pra minha pele, que é super oleosa, ele funciona bem. Gostei do post esclarecedor <3

    https://monautrecote.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. uau post super completo hein! lembro mt que usava quando criança pq minha avó usava hahaha

    www.tofucolorido.com.br
    https://www.instagram.com/liviaalli/

    ResponderExcluir
  8. Rapaz, não sabia que ele tinha tanta coisa ruim na fórmula! Ainda bem que não uso kkkkkk. Eu já me rendi e agora só uso produtos de skincare naturais na minha pele. xD

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  9. Oi Leslie, tudo bem?
    Adorei o post aprofundado, analisando bem os ingredientes.
    Minha pele é mega sensível, então produtos como esse e Leite de Rosas nunca me fizeram bem. :(
    Eu inclusive tenho evitado tônicos, uso sabonete, hidratante e FPS só, e ocasionalmente água micelar pra limpar um pouco mais.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  10. Eu acredito que o produto depende para cada tipo de pele. Eu já usei Leite de Rosas e não sentia diferença, já na pele da minha mãe ele era ótimo e até diminuía as manchas que ela tinha.
    E esse produtinho é antigo mesmo, minha avó usa dele até hoje. hehe
    Minha mãe parou de comprar tem um tempo.
    Beijos. 
    Diário da Lady

    ResponderExcluir
  11. Oi, Leslie!
    Fiquei chocada com a questão do álcool haha, achei que tivesse muito mais porque o leite de colônia tem um cheiro tão forte! ;P
    Eu tenho a pele oleosa e acneica, e por um bom tempo ele foi maravilhoso pra mim! Hoje em dia, acho que não teria a mesma eficácia. Mas gostei muito do produto :D

    Estante Bibliográfica

    ResponderExcluir
  12. Eu amava usar como demaquilante, mas odiava o cheiro. Parei de usar quando usei como removedor de tinta esmalte do meu chão e das mãos, vi que era muito agressivo. Agora deixo ele guardado só pra emergências hahaha

    Beijinhos
    tipsnconfessions.blogspot.com
    instagram.com/raquel_tips

    ResponderExcluir
  13. Leite de Colônia e Leite de Rosas são realmente polêmicos...
    Inclusive ansiosa para o próximo post hehehehehe!
    Eu já usei o Leite de Rosas e confesso que achei forte demais pra minha pele, mas é bem isso que você falou a escolha é de cada um, e também tem isso de ser mais barato, nem todo mundo pode comprar os melhores produtos né, infelizmente :/
    Mas adorei esse post, bem informativo.
    Ah, vou ver seus posts e vídeo sobre a CNH :)

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Nossa, excelente! muito bom ver mais um pouco dessa perspectiva do produto aqui!

    Beijos
    http://www.leiapop.com/

    ResponderExcluir
  15. Oi, Leslie

    Muito interessante a postagem. Aqui em casa somos adeptos ao Leite de Rosas, gostamos mais dele, então vou aguardar a próxima postagem polêmica! hahahahahah Eu particularmente já te falei que meu skin care é praticamente inexistente, mas quando passo muito tempo na rua, na poluição, sempre uso Leite de Rosas antes do banho e me dá muito prazer ver aquele algodão preto de sujeira depois. hahahahah Então assim, eu sei que diariamente não é uma boa escolha, mas às vezes ACHO que tá tudo bem.


    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  16. Eu tava lendo sobre o álcool e ele costuma ter em vários outros produtos e dizem que ele não seria o responsável por ressecar, porque é uma pequena concentração que não seria agressiva. O que eu não curti tanto foi a fragrância. Porém algumas peles não reage muito bem e ficam sensíveis, como é o caso dos meus olhos.
    Eu usava MUITO o cosDNA, porém desisti porque ele informa sobre o componente de forma rasa, eles não tem acesso a quantidade da composição. É como o hidróxido de sódio (soda cáustica) que é usada uma quantidade mínima para emulsionar shampoo, não ressecando e não chegando a fazer mal. Mas de fato ele pode ser um bom guia para algumas pessoas, como você disse.
    Beijos,
    Mundo Perdido da Carol
    Instagram: @carolinsweet
    Fan Page

    ResponderExcluir
  17. Oi!
    Eu vi o post que gerou a polêmica e achei bem curioso que logo o álcool ser dos mais tranquilos na fórmula do leite de colônia, e acredito que ele não é um problema para a minha pele.

    Beijão
    https://deiumjeito.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Uau!!! Você me surpreendeu e muito com toda essa pesquisa!
    Sempre usei muito esses produtos e confesso que parei de usar porque cansei deles e passei a comprar outros produtos, porque na época eu gostava, nem me ligava se tinha alcool e muito menos outras substâncias hahaha...
    Já estou roendo as unhas de curiosidade sobre o Leite de Rosas, esse sim era muito usado aqui em casa :)
    bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Olá, Leslie.
    Eu usei por muito tempo. E acredito que foi bom no meu caso porque minha pele sempre foi oleosa e com espinhas. Mas hoje em dia uso um adstringente que tem na Avon. Mas se faltar não vejo problemas de usar esse hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  20. Uaaau que post mais completoooo! Esses dias tentei a todo custo lembrar o nome do site q mostrava os aditivos e nao conseguia lembrar... OBRIGADAAAA agora ja salvei o CosDNA aqui!!!

    beeeijo :**

    ResponderExcluir
  21. Leslie, eu uso esse produto há anos e simplesmente AMO. É o que você disse, ele funciona pra mim, pode ser que para outras pessoas ele seja realmente muito abrasivo. Também acredito no que você disse, é bem provável que a formulação dele ainda seja a mesma e isso - não vou mentir - me deixa muito feliz. Sou usuária de alguns produtos antigos, que foram reformulados e que depois não funcionaram como antes... Por isso, torço pra que ele permaneça assim... Valorizo muito as suas resenhas que são sempre bem fundamentadas, trazendo prós e contras, deixando clara a sua posição. Em palavras simples, é preciso se autoconhecer para usar aquilo que funciona pra gente, fazendo testes A/B e consultar sempre um profissional, antes de crucificar quem ama e usa determinadas coisas. É isso. Team Leite de Colônia! hahaha

    Beijos!
    Neila Bahia ♡
    neilabahia.com | Instagram | Pinterest redito que as

    ResponderExcluir
  22. Oie Leslie
    Realmente o leite de Colônia pode ser bom para algumas pessoas.Infelizmente para mim que tenho pele sensível não posso nem passar perto por ser adstringente e ter álcool na fórmula.
    Desde que eu comecei a usar , o meu rosto ardia e eu achava super normal .Só fui descobrir que não era depois que começaram com as críticas e fui ver um vídeo me informando sobre o produto.

    Amei o post

    Beijos

    Meu mundinho quase perfeito

    ResponderExcluir
  23. Oi Leslie,
    Meus pais sempre usaram, então eu também já usei. Mas piorou minhas espinhas, então uso água micelar mesmo para tirar a oleosedade.
    beijo
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  24. Eu usei muito quando mais nova, mas hoje não consigo. Acho que desenvolvi uma hipersensibilidade a ele, porque meu olho começa a arder de maneira insuportável. Mas sabe, quando eu era mais nova também usava ele como desodorante hehe sem que não é a proposta do produto, mas tinha um cheiro tão forte que acabava servindo também pra isso.
    bjus,
    Ava
    https://apenasava.com/

    ResponderExcluir

➤ Comentários rasos e sem sentido não serão respondidos e retribuídos.
➤ Se você NÃO leu o post ou o assunto NÃO te interessa, NÃO COMENTA!
➤ A você que leu o post e vai fazer um comentário pertinente ao assunto, meu muito obrigada.
O mais breve possível passarei em seu blog para retribuir o carinho.



Feito com ♥ por Lariz Santana