24 fevereiro 2021

3 Coisas que Aprendi com a Série The Crown


Eu nunca fui muito ligada à família real inglesa, exceto pelo carinho que sinto pela Diana, Princesa de Gales, desde que eu era criança. E foi a foto dela na capa da série The Crown na Netflix que me fez começar a assistir essa produção biográfica.

The Crown mostra o reinado da Rainha Elizabeth II a partir de seu casamento em 1947, com Philip, o Duque de Edimburgo. Apesar de a série ser um drama biográfico, a Netflix incluiu pequenos acontecimentos fictícios em The Crown, mas de acordo com a minha curiosidade histórica, que me faz pesquisar eventos importantes apresentados na série, essas situações irreais não atrapalham em nada a experiência do telespectador.

Elizabeth II tem 94 anos de idade e em 68 deles ela esteve no poder da Inglaterra e de outros territórios mundiais. A Netflix pretende manter a série The Crown mostrando a vida da Rainha até os dias de hoje. E mesmo assistindo apenas duas temporadas da série, enquanto Elizabeth tem 27 anos (minha idade), aprendi algumas coisas interessantes com a vida da família real, dentre esses ensinamentos, eu trago nesse post, três dos mais significativos.


1. O poder pode te tornar uma pessoa fútil.


Não tenho palavras pra dizer o quanto me irrita a futilidade de vários dos membros da família real. A Princesa Margaret, irmã da Rainha, vive a vida de forma extremamente despreocupada, seu dia-a-dia envolve inúmeras festas regada à bebida e cigarro, e é só com isso que ela se preocupa. Ao mesmo tempo que a acho fútil, também acredito que ela tenha uma visão a frente do seu tempo, mas de modo geral, queria muito que ela passasse por um choque de realidade e tivesse que procurar um emprego nos classificados, pois na maioria do tempo ela é basicamente uma menina mimada.


Edward VIII é mais um que mama nas tetas da realeza e não oferece nada ao governo. Edward era Rei por direito, mas ele abdicou do trono para se casar com uma plebeia americana, parece história de filme, mas isso realmente aconteceu. O problema é que apesar de viver longe da família real, por que ele a envergonhou ao abdicar seu cargo, ainda assim Edward recebeu uma mesada recheada por muito tempo, ou seja, ele encheu sua bela carteira de couro masculina com o dinheiro da Realeza. O mesmo acontece com a personalidade vaidosa e soberba de Philip, que ao invés de apoiar sua esposa, torna-se um belo incômodo. Creio que Philip sempre tenha sido fiel à sua Rainha, mas nunca em relação à sua esposa. E por falar em companheirismo no relacionamento... vamos ao segundo ensinamento.

2. Não é fácil ser uma mulher no poder.


De repente Elizabeth se vê como Rainha e tendo que "governar" junto a um conselho formado apenas por homens brancos e em idade avançada, e apesar de Elizabeth não ser pra frentex, ainda assim é difícil trabalhar com um grupo de homens tão tradicionais.

Na verdade, a Rainha não manda em nada, ela é considerada chefe de estado, mas seu cargo é apenas um símbolo de poder, esperança e religiosidade. E apesar de Elizabeth não controlar o governo inglês, ela tem uma função que se torna um peso nas costas, pois a Rainha precisa ser perfeita o tempo todo, afinal, o povo se sentiria seguro se a soberana demonstrasse suas fraquezas?


É verdade que Elizabeth se sente sobrecarregada, mas mesmo diante dos julgamentos em ser mulher e jovem, ela tenta sempre ser sua melhor versão, volta a estudar, nunca desmarca um compromisso real e está sempre disposta a aceitar os conselhos do Primeiro Ministro e de outras pessoas que tem mais experiência, o que a torna alguém sempre preparada para qualquer situação. Em vez de abdicar do trono, Elizabeth mostra que é uma mulher forte e segue em frente como Rainha, mesmo que seu próprio marido não a apoie.

3. Tudo é questão de reputação e comunicação.


Enquanto muitas monarquias caíram ao redor do mundo, a família Windsor conseguiu atravessar gerações estando no poder da Grã-Bretanha, e acredito que tudo isso tenha se dado por causa da bela imagem de perfeição que a realeza promove até hoje. Mas, é claro que há muitos escândalos escondidos, Philip e Elizabeth por exemplo, nem sempre foram o casal perfeito que saia nos jornais, sem contar a Princesa Margareth, que se apaixonou e teve um caso com um homem casado, lembrando que eu assisti apenas as duas primeiras temporadas, ou seja, muitos eventos impactantes ainda vem por aí.

Afim de manter a imagem da família real, a Rainha soube se comunicar e se comportar como era esperado dela. Portanto, sabemos que a realeza é igual a qualquer família, cheia de tretas e desentendimentos.


Sinceramente, a série The Crown tem me passado a sensação de que é muito cansativo fazer parte da família real, por isso não julgo o Príncipe Harry e sua esposa Meghan Markle (Duque e Duquesa de Sussex) por terem abandonado a realeza, só espero que depois não mendiguem uma mesada como fez Edward VIII.

Indico a série The Crown pra todos que gostam de história e confusão burguesa.

26 comentários:

  1. quero muito assistir! mas ando sem tempo! kkkkkkk
    parece ser bem boa!

    xoxo
    Guria do Século Passado

    ResponderExcluir
  2. Já ouvi maravilhas sobre essa série, mas ainda não tive a possibilidade de ver!
    Boas lições que retiraste da série!

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram | Youtube

    ResponderExcluir
  3. Olá, Leslie.
    Eu assisti a primeira temporada dessa série na época que lançou. E gostei na época. Mas hoje em dia não posso assistir séries muito paradas assim que acabo dormindo. E achei ela bem parada hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Oiee minha linda! Eu anotei essa série aqui no meu caderninho tem alguns meses. Muito me animou ver que falou sobre ela aqui no blog.
    Deve ser horrível ter que sempre manter a pose e aparência perfeita. Imagino o que essa mulher deve ter enfrentado na vida.

    Beijos,
    Paloma Viricio 💫💙

    ResponderExcluir
  5. Oi Leslie, tudo bem?
    Esse lance de mamar nas tetas do dinheiro do povo dá uma raiva ainda maior porque a gente sabe que aqui no Brasil é o que mais acontece, né? Chego a espumar pensando no dinheiro que esses figurões usam do bolso do contribuinte pra beber e fumar cigarros, como a irmã da rainha ou o Edward. Mas, com raivinhas à parte, parece uma produção excelente, de grande qualidade técnica.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  6. Quando criança eu achava lindo, um sonho. Hoje em dia acho cansativo e imagino que deve ser um verdadeiro inferno. Estou louca para sossegar um pouco e poder assistir essa série, só vejo elogios. Agora que você falou, fico imaginando que deve ser realmente complicado para ela governar ao meio de tantos homens brancos tradicionais. Preciso assistir.
    Beijos,
    Mundo Perdido da Carol
    Instagram: @carolinsweet
    Fan Page

    ResponderExcluir
  7. A última realmente é uma lição :) Mas uma coisa que me chama atenção é como as pessoas podem ter uma vida de aparências, não é. Amo essa série ♥

    www.blogflorescer.com

    ResponderExcluir
  8. Confesso que consigo me interessar por essa temática :/
    Vejo muitos comentários positivos sobre a série, mas não me cativa. Talvez por eu achar extremamente diferente da minha realidade eu nem tenha vontade de ver.
    Porém, achei interessante as coisas que você citou no post, mas mesmo assim não me animo :(

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi, Leslie!
    Menina, eu sempre gostei de acompanhar a família real, mesmo sem ser fanática, hehe.
    Eu vejo The Crown desde que lançou e amo.
    E, realmente, vendo agora tudo o que eu MENOS quero na vida é ser parte da família real, haha. Pelo menos da mais próxima ao trono.
    Todo mundo é triste, não faz o que quer, é observado o tempo todo e julgado.
    Coitada a princesa Diana que entrou nesse universo!

    Beijoooos

    Teca Machado
    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  10. A série não faz meu estilo, por isso não acompanho. Mas a minha irmã assiste, então tem vez que ela está vendo e não tem como não acompanhar, já que o apartamento é pequeno e só temos 1 TV, hehe. Vi alguns episódios aqui e ali, principalmente os da terceira temporada (que vc ainda não assistiu). Eu concordo contigo: deve ser muito cansativo ser parte da família real. Os pontos negativos superam os positivos e, pra mim, não vale a pena passar por esse sufoco, não. É uma posição que eu realmente não invejo, rsrs...

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  11. Deve ser bem interessante essa série, já ouvi falar sobre ela. Infelizmente não tenho Netflix.
    Big Beijos,
    Lulu on the sky

    ResponderExcluir
  12. Nossa, acho que deve ser TERRÍVEL viver no meio/fazer parte da família real. A gente tende a pensar só nos privilégios ($$$), mas imagino a chatice que deve ser ter tantas regras e TANTA treta junto. Hahaha! Não assisto a série ~ ainda! Mas quero assistir um dia. Beijo, beijo :*

    ResponderExcluir
  13. Eu ainda não assisti essa, já coloquei aqui na listinha para acompanhar.

    Beijos,
    www.tammycezaretti.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi Leslie

    Menina , uma parte minha tem muita vontade de assistir "The Crown" .Parece ser interessante , além de ter haver com historia.

    Ao mesmo tempo tenho um receio que não sei explicar o motivo , que não me fez querer assistir "The Crown"

    Mas o seu post alimentou bastante o lado que quer conhecer essa série

    Beijos

    mundinhoquaseperfeito.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Realmente, não é fácil ser uma muher no poder e tudo se baseia na reputação e na comunicação. Eu comecei a assistir a série vqueando foi lançada mas depois parei ao esperar a continuação, preciso voltar a assistir logo rs Eu gosto bastante de acompanhar a família real e tenho um enorme carinho pela minha xará Elizabeth <3

    https://itslizzie.space/

    ResponderExcluir
  16. Great choice and review. These all sound so good!!

    Cheers,

    Diana, Semi Formal Hijab Outfit Ideas

    ResponderExcluir
  17. Olá...
    Amei o post!
    Muita gente já recomendou essa série e eu sigo enrolando pra assistir kkkk...
    Amei demais os seus aprendizados e super concordo com você que parece ser difícil e complicado fazer parte da realeza, pois, já assisti documentários e li livros sobre o assunto e realmente dá essa sensação.
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Olá
    Tudo bem?
    Comecei a assistir essa série tem algumas semanas ainda não terminei, mais até momento atual, tenho me apaixonada por cada cena.
    Amei sua postagem realmente essa série e incrível.

    Beijos da Kah
    Blog Mundo da Kah
    Canal Blog Mundo da Kah
    Instagram

    ResponderExcluir
  19. Oi Leslie, tudo bem?
    Eu ainda não assisti essa série, mas li muitos elogios, até mesmo da própria Elisabeth, . Vou tirar um tempinho pra assistir, mas acho que assim como você, nunca iria querer fazer parte da realeza. A impressão que eu tenho é que é muito solitário. E também não consigo imaginar outra pessoa nessa posição da Elisabeth.
    bjus
    AVA
    https://apenasava.com/

    ResponderExcluir
  20. Oi Leslie,
    Seu post oficialmente me convenceu a começar logo essa série que já é super recomendada e amada por todos ao meu redor haha conheço bem pouco sobre realeza, pra ser sincera, mas tenho muito interesse em ver como eles desenrolaram (e criaram) toda essa narrativa.

    Beijos, Fantasma Literário

    ResponderExcluir
  21. Ooi
    Eu sigo uma menina no Instagram que é apaixonada pelo Harry e Meghan, então ela sempre compartilha coisas sobre a família real que são surreais, porque né... a gente já soube muitas coisas através da Diana, e uma delas é que a realeza é podre. Então nunca que eles vão mendigar $$$ da realeza com ela sendo tão suja, ainda mais depois de tudo que a Meghan passou nas mãos deles.

    Sil
    blog kzmirobooks.com • Siga no Instagram: @kzmirobooks

    ResponderExcluir
  22. Olá,
    Eu quero muito ver essa série, e já tem tempo, mas nunca consigo evoluir muito na produção, de forma que não terminei nem a primeira temporada. Por conta disso, não tenho uma opinião formada sobre tudo mas gostei dos pontos que destacou e, mesmo sem ver, imagino que deve ser mesmo complicado fazer parte da realeza, com suas regras e julgamentos.

    Beijo!
    www.amorpelaspaginas.com

    ResponderExcluir
  23. Ainda não assisti mas tenho vontade ❤
    https://blogmariianaleal.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  24. Achei muito interessante e me lembra Bridgerton.
    É bom saber alguns detalhes da serie por aqui, ja me deixou com vontade de assistir.
    Creio que essa historia de princesa rainha e essas coisas sempre foi o que pairou na maioria das cabeças femininas, de alguns anos atrás acho que hoje nem tanto, é bom vê que a realeza nao é so aquele lindo conto de fadas que eles mostram nos filmes. amei.

    www.mulhernovaera.com.br

    ResponderExcluir
  25. Tem sido uma das séries que mais tenho gostado de ver e é realmente interessante perceber que além de serem uma família real, são também uma família normal.
    Six Miles Deep

    ResponderExcluir
  26. Eu adoro esta família real, desde pequena, talvez por ter idade próxima ao Harry. <3

    ResponderExcluir

➤ Comentários rasos e sem sentido não serão respondidos e retribuídos.
➤ Se você NÃO leu o post ou o assunto NÃO te interessa, NÃO COMENTA!
➤ A você que leu o post e vai fazer um comentário pertinente ao assunto, meu muito obrigada.
O mais breve possível passarei em seu blog para retribuir o carinho.

© APENAS LEITE E PIMENTA 2013 | 2021. Todos os direitos reservados.
Layout e codificação: GLEICY HANER - DESIGNS E FOTOGRAFIA .
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo