10.5.17

Últimos Filmes Assistidos #5


Pensem num post que já era pra ter saído a milhianos atrás, pensou? Então, é esse. Hoje eu trago pra vocês aquele post bacanudo onde eu falo um pouco sobre os últimos filmes que assisti e o que achei deles, lembrando que eu comento tanto sobre os filmes ruins quanto os bons, por que né, nem sempre a gente acerta no título, e eu sou uma dessas pessoas que tem dedo podre quando se fala em filmes, além disso nós podemos ter gostos diferentes, o que é bom pra mim pode ser ruim pra você, e vice e versa, então o post acaba ficando abrangente para todas as preferências. E eu já começo com um filme que se alguém já assistiu, por favor me explique.

A Chegada

Preparem-se para as minhas versões totalmente originais de sinopses. Naves alienígenas em forma de lentes de contato gigantes pousam em vários lugares do mundo e não atacam, apenas tentam contato com os seres humanos, mas, falamos de formas diferentes. Os oficiais dos Estados Unidos unem um grupo de pesquisadores para tentar entender a língua dos aliens, e entre eles está a Dra. Louise Banks (Amy Adams) uma linguista, que tenta traduzir os sinais dos extraterrestres. Gente, que filme louco. Se você espera tiro, porrada e bomba entre seres humanos e aliens, esquece. Esse filme é filosófico e monótono. Cheguei ao final tendo várias interpretações da história, não consegui chegar em uma oficial, por isso, se você assistiu e entendeu esse filme de forma completa, por favor, me explica aí nos comentários, vamos discutir o verdadeiro objetivo dos Et's nesse filme.

Logan

Pra vocês terem uma ideia de como esse post já deveria ter saído a tempos, eu assisti Logan no cinema, a pelo menos um mês ou mais atrás. O último filme do Wolverine ~choremos~. Aí tu chega na sala do cinema empolgada, "mais um filme de super herói" você pensa, "bora lutar contra vilões", só que não. Quem assistiu o filme sabe do que eu estou falando. Logan traz o Wolverine que não esperávamos, afinal, ninguém espera que um X-Men envelheça. Aparentemente adamantium não cura catarata viu?! Logan está fraco e seus dias de luta acabaram, o eterno Wolverine agora trabalha com o UBER. Fiquei pensando em como seria legal entrar no carro do Wolverine, haha, fantasias a parte, o último filme do "herói" é como um legado que ele passa pra uma criança, porém, uma criança com atributos parecidos com os dele. Se eu gostei do filme? Sinceramente, não. Mas, concordo plenamente com essa análise feita pela Jade Amorim.

Mogli - O Menino Lobo

Me senti uma criança de novo enquanto assistia Mogli. Sinceramente, fazia tanto tempo que eu havia assistido o desenho que já nem me lembrava mais da história, achei o filme muito bacana. É bonitinho e cheio de ensinamentos, um filme mamão com açúcar para assistir com a família. Em tempos de "A Bela e a Fera" a atrasadinha aqui ainda está encantada com outro live action produzido pela Disney, haha. Efeitos especiais incríveis e amei a atuação de Neel Sethi como Mogli, o menino tem talento.

Trolls

Uma vez fui visitar minha irmã e ela estava assistindo um desenho mega colorido, era Trolls. Aí ela ficou toda empolgada e me indicou o filme. O problema é que a minha irmã ama musicais, bem ao contrário de mim, e eu não sabia que Trolls era uma animação musical, se eu soubesse talvez não tivesse assistido e bateria o arrependimento, por que o filme é muito fofinho. Os trolls são muito otimistas, felizes e carinhosos, chega até a dar raiva! Eles parecem aquele colega chato de trabalho que vem te dar bom dia em plena segunda-feira de manhã. Se você é esse colega, PARA, ou vá morar na vila dos Trolls. Poppy é a princesa da vila, até a voz dela irrita, sempre sorridente e amável. Tronco é um troll sério e que mal sorri e odeia a hora do abraço. Durante o filme os dois personagens, totalmente opostos se juntam afim de salvar alguns amigos que foram sequestrados por Berguens, uns monstros feios que só se sentem felizes quando comem trolls. Houve alguns momentos em que eu pensava "Meus Deus, por que que eu tô assistindo isso?", a finalidade dos Trolls é ser insuportáveis, e eles conseguem, mas o filme tem história e mostra que nem tudo é um mar de flores, a gente não pode viver sempre sorrindo e dançando. Sem contar que em vários momentos eu me peguei curtindo as músicas que eles cantavam, por que são todas super conhecidas. Terminei gostando muito do filme. Obrigada mana!
Prometo não demorar tanto para trazer mais dicas de filmes, haha. Me contem aí nos comentários quais desses vocês já assistiram ou pretendem ver. Beijos de Leite e até o próximo post.

Me acompanhe nas redes:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

* Comentários que eu perceber que são C+C serão ignorados;
* Só respondo comentários em que falam sobre o post;
* Deixe o link do seu blog para que eu possa retribuir a visita;
* Clique na aba "notifique-me" para ser avisado quando eu responder o seu comentário aqui no blog.



Feito com ♥ por Lariz Santana