25.12.17

Espaço Moko: Moda, Arte e Design


Na última quinta-feira aconteceu a inauguração oficial do Espaço MOKO no Shopping Estação, aqui em Curitiba. Antes a loja ficava numa famosa rua da cidade, porém, houve essa mudança e com ela a necessidade de uma pequena comemoração acompanhada de espumante (gosto). Por meio do Instagram, eu acompanhei toda a reforma e mudança do Espaço para o shopping. E então, quando tudo ficou lindamente pronto, eu fui conhecer a loja pessoalmente e saber mais sobre o conceito da MOKO. E claro, vou compartilhar tudo com vocês.

O Espaço MOKO é colaborativo, um local onde é possível encontrar inúmeras marcas handmade, independentes e melhor, brasileiras. Grande parte das marcas que expõem seus produtos no Espaço MOKO são curitibanas, porém, existem algumas de outros lugares do Brasil, como por exemplo, Santa Catarina. O objetivo da loja é chamar atenção para o "compre de quem faz, compre local". Dessa forma, é possível apoiar o produtor independente e impulsionar a economia local, apresentando produtos de qualidade e com responsabilidade social aos consumidores.


A marca de camisetas MOKO, que é quem dá base para a ideia do Espaço, tem como conceito o compre um e doe um. A MOKO é muito mais que uma marca, é um projeto social, onde a cada peça comprada, uma é doada. Sem contar que todas as coleções envolvem algum exercício de cidadania e/ou parceria criativa. Por exemplo, a MOKO já desenvolveu camisetas com estampas de desenhos feitos pelas crianças dos projetos que a marca apoia e também houve uma coleção que trouxe em suas estampas, imagens de mulheres que passaram pela mastectomia, afim de alertar sobre o câncer de mama. E melhor, as camisetas tem um preço okay para o consumidor, mesmo sendo arte materializada, as peças tem o mesmo valor encontrado em lojas fast fashion.


Outra marca que tem esse mesmo conceito de compre e doe, e também expõe seus produtos dentro do Espaço MOKO é a Gentees, que traz calçados ao público, inclusive, alguns são veganos.


Outras marcas que apresentam suas artes/produtos dentro do Espaço MOKO são a Tudo de Papel, com lindas encadernações feitas à mão. A Empatize que traz peças inspiradas em ciclistas, tendo como marca registrada o tecido refletor, porém, suas criações podem ser usadas até mesmo por quem nem sabe andar de bicicleta, eu mesma babei nas camisas da marca. Outra marca que também me apaixonei foi a Sweet Mell e seus lindos vasinhos pintados à mão.


O Espaço também nos apresenta a Florim, uma marca de moda infantil sem distinção de gênero, onde todo tecido que sobra da produção das peças vira bicho de pelúcia. Nada é desperdiçado! A loja colaborativa ainda tem uma infinidade de produtos diferentes, como lindas bolsas da DonaCê e da Lemun, acessórios delicados da Arte ao Vento, artigos para decoração da Wall Done Decor e da Sutillezas e até mesmo roupinhas para pet da marca Vdog Store.


Tem muitas outras marcas super criativas e inovadoras dentro do Espaço MOKO, aqui eu fiz apenas um breve resumo pra você ficar com vontade de apoiar ainda mais a economia local. Se você mora em Curitiba tem grande oportunidade de visitar pessoalmente o Espaço, mas, independente de qualquer outro lugar do Brasil que você more, tenho certeza que aí na sua cidade tem um pequeno negócio que surgiu com base numa linda ideia e que merece seu apoio. Lembrando que eu não sou contra comprar da China ou de qualquer outro lugar, porém, a moda sempre pode ser muito mais do que tendência, ela também é uma forma de identidade, representar arte por meio do que você veste e saber o conceito por trás do que você usa é consumo consciente.

Agradeço ao pessoal do Espaço MOKO que me tratou super bem e deixou eu, meu marido e minha câmera muito a vontade dentro da loja. Espero que tenham gostado de conhecer mais sobre esse local cheio de responsabilidade social. Beijos de Leite e até o próximo post.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Feito com ♥ por Lariz Santana