abril 29, 2017

Ansiedade: Organize sua Mente

Quando a ansiedade passou a atrapalhar minha vida, a uns seis anos atrás, eu procurei ajuda médica e informação sobre o assunto. Mas, muitas (MUITAS mesmo) matérias na internet e pessoas bem intencionadas diziam: "controle seus pensamentos negativos". Só que essa frase está absolutamente errada, eu ainda fico fula da vida quando ouço ou leio esse conselho, por que a mente tem um poder enoooooorme sobre nós como indivíduos, ninguém escolhe ter pensamentos negativos, eles simplesmente aparecem e quando alguém diz pra controlarmos nossos pensamentos ruins, a gente se sente inútil por que não consegue selecionar o que se passa na própria cabeça, e você mesma passa a achar que está ficando louca. Então, Para! De mandar o depressivo ou o ansioso controlar a negatividade. O que nós ansiosos podemos tentar, eu disse TENTAR fazer, é administrar a situação da nossa mente, e é sobre isso que eu falo nesse post, sobre a definição de "controlar pensamentos negativos".


Senta, que o post está longo. Aliás, esse texto aqui fazia parte de outro post, mas eu resolvi dividi-lo e ainda assim ele ficou grande. Mas, prometo a vocês que só tem informação de qualidade.

Para começar, e só pra vocês entenderem, imagine que a sua mente é uma junção de armários e gavetas, e dentro delas tem uma infinidade de documentos sobre sua vida, arrependimentos, felicidades, vergonhas passadas e vergonhas futuras, desejos, sonhos, enfim, tudo o que te envolve como ser humano e o que você acredita. Quando necessário, em situações específicas, você vai lá e pega um documento, o usa e depois o guarda. Ok. Perfeito. O gerenciamento funcionou muito bem. Agora, vamos viajar pela mente do ansioso, imagine novamente os armários e gavetas, porém, um caos. Documentos misturados, papéis voando pelo ar, abandonados fora das gavetas, por cima e atrás dos armários. Aí, a gente precisa encontrar um documento, mas tem tantos, tão desorganizados, que começamos a ficar preocupados, começamos a entrar em desespero. Isso é uma ilustração, uma metáfora para vocês entenderem mais ou menos como eu me sinto quando tenho uma crise de ansiedade. Então, o que nós podemos fazer, é organizar! É fácil? Claro que não. É exaustivo! Com o tempo fica mais fácil? Não. Depois de seis anos tentando, pelo menos pra mim, continua sendo exaustivo. Mas a dica principal é NÃO ENTRE EM PÂNICO!



Por exemplo, você tem milhões de coisas pra fazer no seu dia, então a tendência é você já acordar ansioso, o dia mal começou e você já está imaginando como será a noite quando tiver terminado tudo. Só que agora vamos aos "poréns", se você imagina a noite, estando de manhã, significa que você não viverá o dia de hoje, e isso é triste, por que estamos aqui para viver, e não apenas para sobreviver, então pare de viver apenas no futuro, coloque num papel o que é necessário fazer hoje. Além disso, tenha plena noção de seus limites, por vezes eu não parei para comer por que estava ansiosa em terminar alguma tarefa, atualmente eu já consigo gerenciar isso. Deu a hora e meu estomago pediu? Opa! Tá na hora de parar e tirar um tempo pra reabastecer, como a sua e a minha avó dizia "saco vazio não para em pé!". Depois, você precisa levar mais um tipo de limite em consideração, faça as coisas com calma, se você conseguiu fazer tudo o que precisava hoje, ótimo! Se não conseguiu, anote como uma tarefa para o dia posterior. Não somos perfeitos, nem tudo a gente consegue fazer em 24 horas. É a partir daí que a gente vai organizando a cabeça e evitando os pensamentos negativos. Como perceberam, ser organizado também tem profundo impacto no seu bem estar em relação a ansiedade.

Também, questione sua própria mente. Guarda essa dica pra vida, peloamordeDeus! Ninguém controla pensamentos negativos como as matérias fúteis da internet comentam, não é só pensar "hoje não terei pensamento negativo", mas, você tem que lutar contra eles, e uma das suas armas é o questionamento. Por exemplo, hoje acordei matutando que vou sair mal na prova. Materialize na sua mente um bichinho dizendo isso. Se você acreditar nele, vai ficar ansioso e suas chances de se sair mal na prova aumentam drasticamente. Então, confronte o bichinho. Pergunte a ele: "por que vou me sair mal? Eu estudei durante as aulas", ou "mesmo que eu não esteja preparado para essa prova, eu vou tentar fazer o meu melhor". Quando começar a fazer isso, vai perceber como é pratico ter um diálogo com seu próprio lado negativo. No começo, mesmo questionando, o bichinho vai insistir, mas com o tempo, ele desiste mais rápido. É dessa forma que expulsamos pensamentos negativos.
Outra dica que funciona muito bem comigo, crie um muro de proteção dentro da sua própria mente contra tais bichinhos negativos. Quando ele aparecer você liga o botão do "dane-se" e ignore-o. Algo que eu aprendi na marra é, NÃO ALIMENTE OS PENSAMENTOS NEGATIVOS! Se ele chegar e você começar a dar corda, pronto, essa é a deixa pra ele se sentir o dono da sua cabeça. Questione-o, não concorde com ele, e depois jogue-o para trás do seu muro de proteção. Se ele insistir em voltar, substitua por outro pensamento. Ele diz "lembra daquela tarefa que você tem que fazer?", e você responde "Lembro, vou faze-la depois que eu terminar essa..", "Tem certeza? As coisas vão se atrasar.", e você diz: "Não, nada vai se atrasar, não posso atropelar as tarefas, me deixe em paz!" E comece a pensar em coisas aleatórias e que te fazem bem, tipo o vídeo daquele gatinho fofo, depois de um tempo, você nem vai se lembrar por que estava anteriormente ansioso. Parece mágica, mas é necessário não desistir. Lembre-se que você controla a sua própria mente, mas, se você falhar, também não se culpe, há dias em que não conseguimos simplesmente nos levantar da cama. Antigamente eu me sentia extremamente culpada por me sentir paralisada pela ansiedade, hoje, eu passo a pensar que preciso desses dias em que eu não faço nada, eu reverti a situação, passou a ser libertador ter um tempo pra mim, um tempo para descansar, não fisicamente, mas para me recuperar do meu cansaço mental. Então sociedade, me julgue. E você que está sofrendo de ansiedade, deixe-se ser julgado, depois, pegue todas as críticas e jogue no lixo, pouquíssimas pessoas sabem lidar com um ansioso sem causa e com um depressivo que deveria estar feliz, muita gente é desinformado e acha que é preguiça. Você não está sozinho, tenho certeza que muitos te acolhem e te fazem sentir amado. Mas, só você sabe o que sente, então, aprenda a lidar consigo mesmo, descubra o que te faz se sentir melhor, e siga em frente, por que nenhum sofrimento dura pra sempre.


Veja Também: O que Não Dizer a Quem Tem Depressão

Futuramente trago um post com outras dicas para diminuir a ansiedade, dessa vez eu só quis desmistificar essa ideia de que para controlar pensamentos negativos basta não pensar neles. Isso é balela. Quem é muito ansioso, precisa de gerenciamento mental e não apenas ter em mente que de uma hora para outra deixará de ter pensamentos negativos. Espero que tenham gostado do post e eu ia ficar bem feliz se vocês comentassem o que acharam, e se apreciam quando esse tipo de tema é abordado aqui no blog. Eu fico por aqui. Beijos de Leite e até o próximo post.

Me acompanhe nas redes:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

* Comentários que eu perceber que são C+C serão ignorados;
* Só respondo comentários em que falam sobre o post;
* Deixe o link do seu blog para que eu possa retribuir a visita;
* Clique na aba "notifique-me" para ser avisado quando eu responder o seu comentário aqui no blog.

© Apenas Leite e Pimenta - 2013 - 2017. Todos os direitos reservados.
Criado por: Leslie Leite.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo