04 maio 2020

Como Lidar com a Ansiedade Durante a Quarentena?


Desde os meus dez anos de idade (ou antes disso), eu sofro com ansiedade e depressão. As vezes eu estava brincando, assistindo tv ou me arrumando para ir à escola, e de repente me batia uma angústia tão grande que eu simplesmente deitava em posição fetal no chão e chorava até meus pais virem conversar comigo. Todos me perguntavam o motivo da minha tristeza, mas ainda como respondo hoje, eu  simplesmente dizia: "não sei, eu só... sinto".

A ansiedade começou a atrapalhar a minha vida quando eu tinha dezesseis anos. A idade da incerteza. Comecei a ter crises de ansiedade tão fortes que eu aparecia três vezes por semana no hospital para tomar calmantes que dopavam. Procurei por psicólogos, psiquiatras e neurologistas. Foi só com vinte anos, prestes a me casar, que um médico clínico geral me diagnosticou com depressão e TAG, ou Transtorno de Ansiedade Generalizada. Desde então eu tomo remédios controlados e continuo em tratamento. Até porquê, nesse meio tempo eu desenvolvi TOC também. Aff! Não é fácil conviver com tudo isso!


Ansiedade: O Primeiro Sintoma do Distanciamento Social


O que eu quero dizer com a minha história é: a ansiedade descontrolada é cruel! Costumo dizer que a ansiedade é um monstro que controla seu cérebro e te corrói por dentro. E agora, com a quarentena e o caos que o coronavírus causou em nossas vidas, fica ainda mais difícil ter um pensamento positivo sobre tudo. 

É mores, não tá fácil pra ninguém! Eu nunca li tantos desabafos na blogosfera como eu tive acesso nesse último mês, e eu me sinto pessoalmente preocupada por que eu sei exatamente o que muita gente está sentindo confinado em casa. Portanto, com base na minha experiência sobre esse sentimento necessário, porém, por vezes massacrante, trago nesse post algumas dicas que possam faze-lx revigorar-se de boas energias e sentir menos ansiedade.


1. Faça Listas

A ansiedade causa confusão mental, o que por sua vez, acaba atrapalhando seus afazeres diários. Você acorda pensando em várias coisas que pode fazer durante o dia, mas parece que o seu cérebro pensa demais e te paralisa, quando se dá conta, já é 18h e você só protelou ou não terminou nada do que começou, o que te deixa frustradx. A quarentena nos tirou da nossa rotina e é necessário organização para criar um novo cotidiano apenas dentro de casa.

Evite fazer listas mentais, coloque tudo no papel e enumere seus afazeres colocando as prioridades no topo da lista. Foque apenas nessas atividades que anotou e check o que conseguiu terminar, acostume seu cérebro com a satisfação em ver tarefas completas.

2. Você Não Precisa Ser Produtivo o Tempo Todo

Eu aprendi isso a duras penas. As vezes eu me sinto bem desanimada, e antes eu me obrigava a agir de forma positiva para me sentir melhor, hoje eu percebo que me entregar à angústia é o que me faz bem. Eu permito sentir a tristeza e TÁ TUDO BEM! No outro dia eu acordo revigorada e pronta pra encarar a vida.

A quarentena não é uma competição de produtividade, se hoje você quer fazer vários nadas. Que assim seja! Caso não tenha nenhum compromisso importante, desacelere seu cérebro se concentrando em coisas banais, mas felizes, como assistir um filme, desenhar, tomar sol no quintal... Só não vale ler ou assistir o jornal! Pode ser que depois de um tempo de paz você se sinta mentalmente mais tranquilo para ser produtivo.


3. Celebre as Pequenas Conquistas

Foque nas coisas que fez, ao invés de se martirizar por uma tarefa não feita. Celebre as pequenas conquistas do seu dia-a-dia, talvez hoje você não tenha conseguido limpar a casa, mas pelo menos você praticou exercícios físicos.

Apenas pare de ser tão perfeccionista e crítica(o) consigo mesma(o).


⋅ ⋅ ⋅ ♥ ⋅ ⋅ ⋅

Desculpe o post gigante, mas eu realmente queria ajudar de alguma forma, já que sinto uma empatia enorme por todos que precisam lidar com o monstro da ansiedade, mas ás vezes nem sabem que tal sentimento tem nome. Espero que esse post tenha agregado algo de positivo em sua vida, faça o possível para lidar com a ansiedade da melhor forma possível, proteja sua saúde física e mental, logo todo esse caos passa e a pandemia do Coronavírus será apenas história.

Atenção! Lembrando que caso seus sintomas de ansiedade insistam em ser frequentes e atrapalhem a sua vida, é de extrema importância que procure um médico.

*Os gifs que ilustram o post são do site Catraca Livre e Buzzfeed. A imagem é do Pixabay.

36 comentários:

  1. Para evitar a ansiedade tenho tentado ocupar a mente ao máximo. Tenho feito exercícios aeróbicos em casa e às vezes yoga, quando concilio horário.

    ResponderExcluir
  2. Que dicas maravilhosas, eu também tenho ansiedade desde muito nova e tento não pensar muito nos momentos que ela vem, eu gosto de me manter fazendo exercícios

    ResponderExcluir
  3. Leslie, essas dicas que trouxe, são ótimas e não somente para quem sofre de ansiedade, mas para geral mesmo. Eu mesma quando comecei a ficar em casa, achava que precisaria fazer um monte de coisa todos os dias para ser produtiva, quando na real, queria era só ficar ~coçando~ e não me sentir culpada por isso. xD

    Beijo
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  4. esses últimos dias tive muita ansiedade e estresse. Me cobro demais até nesse tempo e isso não é saudável. Tentando viver uma vida mais livre, porém tá sendo difícil sabe? Dicas essenciais.
    bjs www.diadebrilho.com

    ResponderExcluir
  5. Amei as dicas, muito úteis :D

    https://www.submersaempalavras.com/

    ResponderExcluir
  6. Adorei sua listinha Leslie! Acho super importante a gente não se pressionar tanto em ser sempre produtivo.

    Só é uma pena pensar que ansiedade virou algo tão rotineiro e "na moda". Principalmente agora com o isolamento social.

    Mas por outro lado é legal saber que esses temas estão sendo tratados de forma mais séria.

    Espero que esteja tudo bem por aí. Boa semana ♥

    ResponderExcluir
  7. Apesar de ter fibromialgia nunca manifestei depressão ou ansiedade. Mas, após o acidente de carro passei a ter crises de ansiedade, pânico e gastrite nervosa. É muito complicado e hoje faço acompanhamento psicológico. Nessa quarentena não tô acompanhando nada, me desligo totalmente, nas redes sociais deixei de seguir quem fica compartilhando coisas negativas. Estou orando muito a Jeová para que tudo passe logo.

    www.geracaopenaestrada.com

    ResponderExcluir
  8. As vezes sinto um pouco de ansiedade, mas até que não tem acontecido com frequência. Tento sempre respirar fundo e tentar entender o que está me deixando ansiosa, e muitas vezes é nada. Adorei as dicas e vou aplicá-las.

    https://www.biigthais.com/

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  9. Tento manter o meu tempo bem ocupado mas no começo foi bem difícil...
    https://blogmariianaleal.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Suas dicas são super importantes, Leslie.
    No início eu achava que tinha que acordar e fazer tudo num único dia, como se o mundo fosse acabar. Agora não dou mais importância para isso e se não quero fazer nada, não faço nada. Estou melhor agora.
    Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
  11. Olá,

    Adoramos a postagem, suas dicas são muito importantes.

    VOU ARRASAR BLOG

    ResponderExcluir
  12. eu nao to de quarentena pq trabalho na saude, mas nossa, to extremamente ansiosa, nervosa, sobrecarregada e tudo que vc possa imaginar, lidar com essa pandemia nao está facil pra ninguem :////

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  13. Super importante esse post, Leslie. Já tinha algumas crises de ansiedade e confesso que não está sendo fácil lidar com tudo o que está acontecendo, principalmente porque muitos da minha família estão expostos, então a preocupação piora tudo. Mas, vai passar! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Leslie,
    Não sou ansiosa, mas estou entendiada e cansada com este isolamento. Nuca trabalhei tanto na vifda, é um tal de lava, desinfeta, seca, faxina que não tem Fim!!! Não vejo a hora que este virus abandone o nossa planeta.
    Beijos e boa sorte

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga do céu, larga mão da casa e vai descansar! Chuta o balde!

      Excluir
  15. Oi Leslie!
    Assim como você também tenho ansiedade mas a minha veio depois do vestibular. Hoje, depois de muita terapia, consigo lidar um pouco melhor, mesmo ainda tendo alguns episódios de pânico. É muito dolorido.
    Suas dicas são super válidas para esse caos que estamos vivendo. Espero que depois disso saiamos pessoas melhores conosco e com o mundo.

    Um beijo e se cuide!
    Vestidinho Jeans

    ResponderExcluir
  16. Ansiedade é muito complicada! Eu não tenho TAG, mas minha psicóloga disse que tenho tendência a ter ansiedade em alguns momentos, e agora na pandemia fico prestando atenção pra não ficar muito "pilhada" nisso. Fico fazendo basicamente o que eu quero, sem pressão, pra tentar sobreviver. Fiz listas pra saber o que fazer nos dias e não passar em "branco" só procrastinando, e tenho me dado bem. Às vezes fico bem nervosa e me dá vontade de chorar com qqr coisinha, mas tô "aprendendo" a lidar com tudo pra logo passar e termos nossa vida de volta ^_^

    Beijinhos de longe!
    tipsnconfessions.blogspot.com
    @raquel_tips

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é bom Raquel, prestar atenção a si mesma para não ter uma crise e não deixar a ansiedade te "pilhar" e acabar com o seu dia. Você está indo muito bem!

      Excluir
  17. Ai nem me fale de ansiedade viu Leslie? Eu também fui diagnosticada com esse "monstro" durante a minha adolescência que foi a minha pior fase, sentia muita falta de ar, angustia e sentimentos ruins mesmo, depois de fazer o tratamento com o psicólogo e descobrir algumas coisas sobre mim consegui melhorar um pouco, mas ela nunca se vai por completo, por isso eu faço essas coisas que você falou no post, listas, tento pensar nas coisas que fiz e foco nisso, realmente faz diferença.

    www.vinteprimaveras.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh sim, na verdade a gente aprende a conviver e começa a prestar melhor atenção no que podemos fazer para evitar as crises. Fico feliz que vc tenha melhorado, terapia é vida! Todo mundo devia fazer.

      Excluir
  18. Olá!
    Sei bem como é ter crises de ansiedade, difícil de controlar. Com o tempo vamos vivendo um dia de cada vez e aprendendo, eu sempre amei fazer listas, sempre funcionei bem assim escrevendo e me planejando com o que preciso fazer.
    Díficil eu comemorar pequenas conquistas, queria fazer isso mais vezes e é algo que estou treinando.
    Beijocas.

    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As listas ajudam bastante e é exatamente como vc disse, a gente vai aprendendo a lidar e vivendo um dia de cada vez. Te aconselho a fazer listas de coisas boas também Vanessa, anote coisas que vc conseguiu fazer, isso vai te dar uma visão boa do que comemorar.

      Excluir
  19. Eu já tive algumas crises de ansiedade e sei o quão ruim é isso, mas acho que o pior é as pessoas ao redor não entenderem muito bem e não saberem lidar com isso, pelo menos eu sempre tive que me 'recuperar' sozinha :(
    Mas adorei as dicas, celebrar as pequenas conquistas e ficar mais tranquila e não produzir o tempo todo são ótimas coisas.

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiim Vah, crises de ansiedade são complicadas por que no começo nem você e muito menos as pessoas ao seu redor entendem o que está acontecendo, é difícil por que ninguém sabe como te ajudar, quando na verdade, ás vezes só um abraço já nos acalma.

      Excluir
  20. o povo da internet só fala em ser produtivo, em fazer coisas que normalmente não temos tempo, mas não é assim que funciona né! tive uns dias bem ruins que nem queria levantar da cama! :/
    mas tô tentando manter a rotina - quando possível - as listas me ajudam muito! :D

    xoxo
    Guria do Século Passado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Luana, a quarentena começou e já surgiram inúmeras dicas do que fazer durante o distanciamento social. Praticar exercícios, escrever, ler, desenhar, cozinhar... tudo isso é muito bom. Mas, pegar um dia pra ficar apenas na cama também descansa o corpo e a mente.

      Excluir
  21. Olá Leslie
    Postagem interessante. É importante confiar e descansar em Deus. "Lancem sobre Ele toda a sua ansiedade, porque Ele tem cuidado de vocês." I Pedro 5:7. Bjs querida.

    ResponderExcluir
  22. Me identifiquei muito com seu post! Tenho ansiedade e estou ainda pior nesses dias de quarentena, devido ao isolamento social e também preocupada com a situação!
    Mas me ajudooou, adorei o texto! :)

    Bisous,
    Blog Pequeno Muffin | Lara Reis
    www.pequenomuffin.com.br

    ResponderExcluir
  23. Adorei seu post e seu relato. Até que a quarentena não está me afetando tanto, mas tem dias que eu fico a um triz de surtar.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  24. Amei o post. Esse isolamento tem sido horrível pra mim, eu fico irritada ao extremo, chorando o tempo todo e com a sensação de que todo mundo me odeia. O pior de tudo é não conseguir explicar o porquê disso para as outras pessoas.
    Super complicado pra você ter que lidar com tudo isso e tão cedo e que bom que você consegue achar formas de controlar tudo.
    beijos
    https://www.dearlytay.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Leslie. ♥ Super te entendo, também tenho. Mas depois que busquei ajuda, as coisas melhoraram e a ansiedade está mais controlada! Têm dias que ela aparece com tudo, outros nem lembro que ela existe. Isso da listinha ajuda bastante e ler para mim é um refúgio que me faz um bem danado. Terapia, por mais que seja online, também tem me ajudado! Enfim, obrigada pelo post. Em tempos de quarentena, esse assunto, mas do que nunca tem de ser falado. :)

    Beijos, Carol
    www.pequenajornalista.com

    ResponderExcluir
  26. Oi Leslie
    Felizmente na minha cidade a quarentena não está TÃO rígida, mas ainda assim é um período muito complicado, já que, mesmo saindo de vez em quando pra ir no mercado pros meus pais, a gente sabe de tudo o que está acontecendo e isso vai gerando todo tipo de angustia possível. Assim como você, eu luto contra os monstros da ansiedade e da depressão. É algo que não desejo a ninguém. Eu me identifiquei muito com seu texto, pois também costumo fazer listas pra saber o que precisa ser feito, celebro cada pequena conquista e, quando a bad vem, eu aceito e vivo ela. Depois que ela passa, eu estou pronta pra tentar novamente, mas ficar lutando contra os sentimentos não me faz bem, eu tenho que me permitir viver eles.
    Um beijo, força

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  27. A ansiedade anda a rondar por aqui...
    Isabel Sá  
    Brilhos da Moda

    ResponderExcluir
  28. Olá, querida!
    Sem querer, tenho seguido as tuas dicas neste dia-a-dia, quase monótono!
    É uma luta interior para todos nós que iremos sair vencedores!
    Já seguia o teu trabalho, um beijinho grande :*


    http://tudosoblinhas.blogspot.com

    ResponderExcluir

➤ Comentários rasos e sem sentido não serão respondidos e retribuídos.
➤ Se você NÃO leu o post ou o assunto NÃO te interessa, NÃO COMENTA!
➤ A você que leu o post e vai fazer um comentário pertinente ao assunto, meu muito obrigada.
O mais breve possível passarei em seu blog para retribuir o carinho.

© APENAS LEITE E PIMENTA 2013 | 2020. Todos os direitos reservados.
Layout e codificação: GLEICY HANER - DESIGNS E FOTOGRAFIA .
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo